domingo, 19 de julho de 2015

LIMPEZA

No raio do olhar
Lançou o dardo mágico.
Imediatamente, 
Após ultrapassar a retina,
Partiu em direção ao peito
Devastando tudo que encontrava
Pela frente.
Instalado, perigosamente nas entranhas
Começou a consumi-las
Como se um cupim ávido fosse,
Não deixando qualquer vestígio
Do que outrora ali havia habitado.
Tarefa concluída, auto-explodiu-se,
Em milionésimas partículas adstringentes,
Que fecharam-lhe todos os poros.
Refeita do fim, partiu ao início,
Limpa e nova para começar
O novo acúmulo,
Das sempre difíceis,
Futuras lembranças.

12 comentários:

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Gisa! Passando para te cumprimentar e apreciar mais uma das tuas belas criações.

Abraços,

Furtado.

Carmem Grinheiro disse...

Olá, Gisa
Era bom que fosse assim: com a ação de um dardo para fazer a "limpeza" do que não vale a pena ;)
bj amg

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Gisalindamiga

Quinze dias separam os dois poemas - demasiados dias... Mas, finalmente ressuscitaste, o que me deu muita alegria e satisfação. Voltaste e em força - mas antes de continuar, uma pergunta: qual o motivo desta ausência? Férias? Saúde? (oxalá que não) - e a tua Poesia refloresceu. Bonita.

Refeita do fim, partiu ao início,
Limpa e nova para começar
O novo acúmulo,
Das sempre difíceis,
Futuras lembranças.


Poizé: és o máximo! Cinco estrelas!

Bjs da Kel para toda a gente, abç ao Edu e par ti muitos qjs no sítio do costume do alfacinha

Rogerio G. V. Pereira disse...

Posso perguntar se doeu?
É que
a seguir
expludo eu

heretico disse...

gosto registo de criatividade e de fantasia de teus poemas
estranham-se e entranham-se!

beijo

Jaime Portela disse...

Um magnífico poema.
Gostei imenso.
Gisa, tenha um bom fim de semana.
Beijinhos.

Manuel disse...

Gosto de passar por aqui e deixar uma pequena mensagem.
Penso que não aprecia, porque nunca recebi (penso) qualquer feedback, talvez por culpa minha.
Mas vou continuar porque gosto do Blogue!

Silenciosamente ouvindo... disse...

Que bom que seria se se pudesse fazer tal.
Gostei do poema.
Desejo que se encontre bem.
Bjs.
Irene Alves

Perfumes do Amor... disse...

Indicado para a TAG Descobrindo NOVOS BLOGS.
https://umpalcodeteatro.wordpress.com/2015/08/27/tag-descobrindo-novos-blogs/

Grata, abraços!

António Jesus Batalha disse...

Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho.Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns, decerto que virei aqui mais vezes.
Sou António Batalha.
Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.
http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

Jaime Portela disse...

Voltei para ver as novidades.
Boa semana.

Ana Pereira disse...

Boa tarde
Passei pelo teu cantinho para te dar a conhecer o meu modesto espaço de poesia.
Espero que gostes. Um abraço, Ana Pereira
http://almainspiradora.blogspot.pt/