domingo, 17 de abril de 2016

ELA

Dos equipamentos da felicidade,
Tinha o sorriso.
Iluminava até os dias mais chuvosos.
A gargalhada era tão potente
Que era capaz de fazer cessar nevascas.
Debochada,
Fazia a vida correr atrás dela.
E, absurdamente escabelada,
Ela corria.

7 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Perguntas de EU a ELA

Corria? Em que sentido?
Mantém o sorriso?
Se não vai parar, para quê correr?

Dilmar Gomes disse...

Saudades de você, cara Gisa. Continuas a fazer belas poesias. Um abraço. Tenhas uma linda semana.

Ives disse...

"A gargalhada era tão potente
Que era capaz de fazer cessar nevascas." Adorei! beijos

JAIRCLOPES disse...

Haicai

Ela, descabelada
Lia, escrevia, as vezes vivia
Sempre debochada

alp disse...

Con sonrisa a todo se llega... Un abrazo desde Murcia....

Carmem Grinheiro disse...

Tão perfeito esse equipamento: seja sorriso, se transforme em gargalhada de tirar o fôlego e dê felicidade.

bj amg

Andradarte disse...

Que o sorriso a acompanhe sempre
e vá oferecendo belos poemas
Beijo