sexta-feira, 12 de abril de 2013

E LA NAVE VA

Com os dentes cerrados
Absorveu o choque.
A vida seguia livre
Sem se importar com sua
Mais definitiva decisão:
Desistir de viver.

10 comentários:

Paulo Francisco disse...

E a vida sempre continua.
Um beijo grande

Rogério Pereira disse...

Desistir de viver não é uma decisão
É a ausência de decidir viver

Flor de Jasmim disse...

Desistir não é solução!
bom fim de semana minha querida

beijinho e uma flor

รяª Nathalia disse...

Força.

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Gisa, tanta gente embarcando no insistir a viver...

Grande beijo
Manoel

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Gisalindamiga

Em tão poucas palavras dizes tudo.

Eu já sabia que eras uma poetista de gigantesco valor! Mas esta é o máximo! bué da fixe!

Bjs da Kel, Abrçs meus para o teu maridão e prás gatinhas e milhões de bjcões para tu

O caso dos imeiles juvenis parece um pouco emperrado. Que me dizes?

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Gisalindamiga I, II e três, foi a conta que Deus fez.

No que concerte às queridinhas gatinhas tenho as mesmas verdadeiras dívidas, ops, dúvidas.Será que será exactamente assim?

Maridão pra abrçs. Mau, inverti-o???? Gatinhas com bjs e sempre, sempre, sempre e bilhões deles para tu no sitio do costume,

H

Morgan Nascimento disse...

Olá, parabéns pelo blog!
Sobre a postagem, uma pequena citação verídica.
Se você puder visite este blog:
http://morgannascimento.blogspot.com.br/
Obrigado pela atenção

MARILENE disse...

Ainda que se desista, o barco segue seu curso, contrariando o querer. Bjs.

ANTONIO CAMPILLO disse...

Brusco final para quien ama la vida, Gisa. Para renunciar a la vida es necesario que exista una razón tan importante como para decidir que no vale nada.

Un fuerte abrazo, querida Gisa.