sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

PLATÔNICO

Com fios de prata
Desenhei tua imagem.
Preenchi o contorno
Usando as cores do amanhecer.
Idealizei a figura que imaginava seres.
Adorei cada detalhe
Em esmero cuidado.
Não te encaixastes no plano.
Desconfortável, foste,
Triste compreendi que nunca
Havias sido.

10 comentários:

Dilmar Gomes disse...

Olá amiga Gisa, teu poema ficou platonicamente bem. Como dizia Platão, a perfeição só existe no mundo das idéias, segundo o próprio, a realidade é um cópia imperfeita do mundo das mesmas.
Um abraço. Tenhas uma linda sexta-feira.

Cidália Ferreira disse...

Lindo.... Mas a imaginação existiu.

Gostei de ler.

Beijo
Bom fim de semana.

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Mar Arável disse...

Há aves que não sabem voar

Fê blue bird disse...

Tentaste amiga, mas não merecia.

Fico feliz pelo teu regresso.

beijinho

heretico disse...

valeu: o poema voa...

beijo

Patricia disse...

Precioso, cuantas veces nos perdemos en ese amor platonico,
saludos,

Lorde Sandman disse...

O ideal de toda mulher que só é vivo intenso dentro da mente da cada uma.

Prazer, eu sou o Lorde Sandman e criei um blog há pouco, e estou visitando outros blogs para fazer amizades.

Beijão.

La Gata Coqueta disse...



Hola amig@, ¿Como estás?
Hoy he pensado en ti, y mirando al cielo le he preguntado a Dios:

¿Cómo es que creas personas tan especiales?
Y él me respondió: no son personas, son mis mejores ángeles…!!

¡¡Feliz fin de semana
llena de benciciones para ti!!

Atte.
María Del Carmen


*Escritora de Artes* disse...

Lindo e brilhante...

Bjos

Graça Sampaio disse...

Acontece tanto!! O Amor não é um sentimento simples...

Beijinhos