sábado, 8 de janeiro de 2011

QUERERES

Quero desenhar arabescos na tela que chamas de corpo com os fios dos meus cabelos.
Quero desfazer os teus contornos com os pingos do meu suor.
Quero , com o calor dos nossos desejos, amalgamar a minha silhueta a tua e brincar de surreal.
Quero tatuar meus dentes no teu peito na tentativa de furtar-te um pouco de ti mesmo.
Quero tua voz dentro de mim na ânsia de atender tuas vontades da melhor maneira que eu posso, ou, da pior maneira que desejares...
Quero o teu prazer para alimentar o meu êxtase,
Quero, quer, que,qu, qu, q,  ...

15 comentários:

Luis Nantes® disse...

Uhauu!! Gisa, eu é... Quero, quer. que, qu, q,... Parabéns!! Sensacional... Você é simplesmente fantástica, ok?
Beijos minha Deusa

iglesiasoviedo disse...

Otro poema precioso, me ha gustado mucho, es apasionado, sensual, entregado.
Un abrazo.

Marinha disse...

Uauuu (tenho que plagiar o Luís), lindo!!!!
Gisa, és a poetisa mais envolvente e apaixonada que conheço.
Bjoooo, amiga.

A. Reiffer disse...

Adorei o final, muito criativo. Abraços!

gabyshiffer disse...

Nossa quanto querer gostoso de realizar...
adorei

Vim lhe desejar bom findi
:)
"Que o caminho seja brando a teus pés,
O vento sopre leve em teus ombros,
Que o sol brilhe cálido sobre tua face,
As chuvas caiam serenas em teus campos,
E, até que de novo eu te veja,
Que Deus te guarde na palma da mão. "

(Benção Irlandesa)

Beijos na alma!

Leonardo B. disse...

[intenso... intensa a corrente de palavras, mais perto da foz que da nascente. Marcante!]

um imenso abraço, Gisa

Leonardo B.

Lully disse...

Guria... sem comentários... cada texto teu é como um filme com final surpreendente: fico boquiaberta, tenho vontade de pular e gritar!
Realmente, és uma escritora. Prosa e poesia te pertencem. Te admiro sempre!
Te amo!!

Guará Matos disse...

Quero ser a tela e provar os seus pincéis.
Bjs.

Vieira Calado disse...

Quando verdadeiramente se quer...

por vezes...

alcança-se...

Beijinhos

Lufe disse...

Gisa,

Ah, os quereres....
E como eles se tornam reais em seu poema...
Sente-se um arrepio ao roçar dos cabelos....
Como é bom esse querer...

bjos

AC disse...

Gisa,
As palavras querem e como podem!
Parabéns pelo talento, minha amiga!

Beijo :)

Arnoldo Pimentel disse...

Muito bom seu texto, parabéns,beijos.

Zatonio disse...

Você é fantástica! Beijo!

Déya disse...

Quereres eu quero tantos ...

sou fascinada pelo surreal, ele é lírico e transcendental!
um beijO e obg por tua companhia ...
uma linda semana..

Julie disse...

Bellísimo, muy apasionado, muy bueno, Gisa.
Mi felicitación.