segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

BEL-PRAZER

Ser encontrada,
Odiava.
Gostava da liberdade
De surgir do nada
E surpreender.
Era vento,
Nuvem,
Fumaça,
Gás...
Era onipresente
A seu bel-prazer.

9 comentários:

Dilmar Gomes disse...

Passando por aqui para deixar o meu abraço. Tenhas uma linda semana.

Andradarte disse...

Seria uma anti-figura sinistra....!!!
Digo eu...
Boa semana
Beijo

ANTONIO CAMPILLO disse...

Ser omnipresente en el placer es poder disfrutarlo, deleitarse y alegrarse de percibirlo, en todo momento y lugar.
Una vez probada la libertad ya nunca se puede olvidar y se tiende a repetir una y otra vez esperando ser sorprendida con nuevas sensaciones.

Un fuerte abrazo, querida Gisa.

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Como sempre belo e com tantas entrelinhas.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Catia Bosso disse...

Liberdade é tudo!!!


bjsMeus
Catita

Flor de Jasmim disse...

Sempre lindo e surpreendente!

Gisa não tenho conseguido abrir teu blogue, por esse o motivo da minha ausência, quando tentava abrir bloqueava-me o computador.
Tem uma boa semana minha querida

beijinho e uma flor

Rogério Pereira disse...

Hoje
Acho que te vi
E eras luz

CHIICO MIGUEL disse...

Que felicidade, se eu te visse pessoalmente.Confirmo o que um dos seus comentaristas disse: Liberdade é tudo, ou quase tudo. Porque sem vida e saúde nao há liberdade.
Mas vou deixar de lero-lero. Estou mais que com saudade de ouvir tua voz pela letra ou vice-versa. Ah, desculpa minhas tolices, tá! prezada, querida, Gisa.
Sou um amigo sincero que te abraça e te compreende como és. Compreende e aceita.
Chico Miguel de Moura

ricardo alves / são paulo,brasil disse...

belo jogo de palavras gisa!
saudações!