sábado, 1 de dezembro de 2012

BRINCADEIRA

Borrifou o espelho
Com um pouco d'água.
Sorriu.
Agora tinha um universo
De estrelas cadentes,
Todo a sua disposição!

6 comentários:

ANTONIO CAMPILLO disse...

Bien, Gisa, aunque sea una broma, con el espejo mojado y las gotas resbalando suavemente por él, cuando te miras puede ser que encuentres un cúmulo de estrellas fugaces por su poca persistencia.
Después, cuando todo quede seco, el espejo quedará manchado con sales y sin brillo. ¿Es este su Universo?

Un fuerte abrazo, querida Gisa.

Julie disse...

Un buen ejemplo de lo que nos rodea. Besiños.

Marco Rocca disse...

Belo e envolvente este poema...

Marinha disse...

É bom termos, vez que outra, o universo todo a nossa disposição. :)

CHIICO MIGUEL disse...

Esse universo de estrelas são as luzes que você esparge sobre nós, pode ter certeza. Estou com saudades de suas palavras, aquelas você diz depois do poema.
Abraços carinhosos
chico

CHIICO MIGUEL disse...

Esse universo de estrelas são as luzes que você esparge sobre nós, pode ter certeza. Estou com saudades de suas palavras, aquelas você diz depois do poema.
Abraços carinhosos
chico