quarta-feira, 6 de março de 2013

ENTREGA

Enrosco.
Gosto.
Tentáculos brotam
No local dos braços.
Gostas.

Olho.
Gosto.
Poderes de Medusa
Te petrificam no olhar.
Gostas.

Ardo.
Gosto.
Labaredas que te queimam
Nascem dos fogos fátuos.
Gostas.

Expludo.
Gosto.
Mil estrelas me torno
Adornando teu corpo desnudo.
Gostas.

Durmo.
Gosto.
Devoras-me com apetite de ogro
Dando fim ao ritual.
Gostas.

8 comentários:

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Gisa, você é uma gênia (não coloquei Gênia entre aspas porque você não gosta e eu respeito isso e conforme o poema, eu gosto)!
Eu, junto com você gosto de tudo isso também.
Beijo muito carinhoso.
Manoel

heretico disse...

bela dança. de palavras - e gos(t)os...

beijo

Evanir disse...

Mulher .
Mulher , mãe uma fera na defesa dos seus
filhos.
Mulher, avó segunda mãe jamais esquecida
por um amor incondicional ,
netos segunda gestação dos próprios filhos.
Mulher ,bisavó nessa fase entendemos,
nossa geração foi londe nosso amor foi infinito.
Eu sou essa mulher .
Sim..tia , irmã , mãe , avó , bisavó por isso venho te abraçar
pelo Dia da Mulher.
Por me sentir especial .
Para você acreditar que tudo vale a pena
quando abrimos a janela nosso coração ,
e deixamos o amor entrar.
A vida é eternizada por nós mesmo,
não importa os obistaculos,
que a vida coloca já que é impossível viver sem eles.
Quero apenas ser lembrada com carinho.
Mãe blogueira.
Avó Blogueira.
Por Fim bisavó blogueira.
Sou essa mulher que veio
para deixar um carinho no Dia das mulheres.
Ser mulher é algo Divino.
Desde ,que nos sentimos um ser especial
diante de Deus.
Parabéns não só a mulher,
mais a eterna companheira .
Beijos no coração carinhos na alma.
Evanir.
Mimo se gostar na postagem.

Anne Lieri disse...

Gisa,que beleza de poesia,inspirada e sensual!bjs,

Rogério Pereira disse...

Gostas, gosto
Não peremos este ciclo vicioso
ritual de tanto gozo

Mil estrelas é pouco
para o universo que nos sobra

ANTONIO CAMPILLO disse...

Saborear lo que gusta sea quien sea quien lo provoque. Cada temblor, cada roce en la piel es diferente. Lo importante es que con hambre de ogro esta danza de palabras y placeres se consume con el placer que se ha requerido.

Un fuerte abrazo, querida Gisa.

Patrícia Pinna disse...

Gisa, que beleza! Adorei! Como é bom ler você!
Beijos!

Lyu somah disse...

Como eu adoro ler seu o que escreve!
Da gosto de ler, adoro te visitar e viajar em suas palavras.

Lyu somah
http://lyusomah.blogspot.com.br/