sexta-feira, 3 de maio de 2013

PRESENTE

Pintada de céu,
Colhia estrelas
Formando um cintilante ramalhete.

Pintada de terra
Colhia pingos de chuva
Formando fitas dançantes fluidas.

Pintada de ar
Colhia ventos
Formando vestidos esvoaçantes.

Pintada de mar
Colhia ondas
Formando lindos penteados de espuma.

Pintada de fogo
Colhia faíscas
Formando ímãs ao redor de seu corpo.

Pintada de sonho,
Vestiu-se esvoaçante,
Penteou-se com espumas,
Enfeitou-se de fitas,
Atraíu-o como ímã,
Ofereceu-lhe estrelas.
Ele, para todo sempre encantado,
Aceitou.

8 comentários:

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Gisa, depois de vum maravilhoso poema desses, até eu que sou mais bobo aceitaria!
Você é genial, Gisa.
Beijo carinhoso.
Manoel

Flor de Jasmim disse...

Quem não aceitaria, há coisas dificeis de resistir.
bom fim de semana querida

beijinho e uma flor

Dilmar Gomes disse...

Gisa, poetisa pintada de poetisa, pintando o mundo com poemas lindos!
Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

Cris Campos disse...

Gisa,

Penso que no fundo é isso, colher de cada situação, de cada circunstância o que ela tem de melhor e compor suaves melodias. Gr. Bj. minha linda!

CHIICO MIGUEL disse...

Gisa,
estou me sentindo abandonado, até minha irmã geminiana, nada mais quer falar comigo.
Abraços
fmm.

*Escritora de Artes* disse...

Que belo e doce presente...

Bjos querida amiga

ANTONIO CAMPILLO disse...

La sonoridad de las palabras cayendo como pequeñas gotas de agua salada desde el este resulta muy agradable cuando se leen en los versos que conforman, Gisa. Aspectos cambiantes con peinados de espuma, no por lo blanca sino por lo suave atrapan son sus largas cintas coloreadas.

Un fuerte abrazo, querida Gisa.

Luz13 disse...

Gostei do blog. Com essa sensibilidade você vai gostar do depoimento emocionante de ALINE, da Cidade das Pirâmides, quando completou 49 anos. http://www.youtube.com/watch?v=dSagrGrBeCw&feature=share&list=UUBvY_tI9xN0wVbBqJMxSr6g Abraços.