terça-feira, 2 de setembro de 2014

FOI

Decidiu ver o mundo de ponta cabeça.
Deitou na grama erguendo os pés ao alto.
Calçou as pantufas de nuvem e começou a andar.
Deslizou pelo céu recolhendo os perfumes da terra.
Cobriu os cabelos de mar adornando-os
Com as mais coloridas flores.
Refrescou o corpo com a brisa vital da primavera.
Pisou no sol e tropeçou na lua.
Seguiu o caminho das estrelas
Rumo ao infinito.
Foi feliz.

3 comentários:

Suzana Martins disse...

Deitou. Sonhou. Sorriu. Sentiu a leveza do ser e seguiu caminhos de versos!!!

Lindo!!

Beijos Gisa!!^^

Rogerio G. V. Pereira disse...

IR

Rumo ao infinito
diz
ter sido feliz

Insisto em não pisar o sol
e não tropeçar na lua
Aqui na terra a vida continua

vendedor de ilusão disse...

Olá Gisa!
Grato pela visita, apesar de não ter deixado comentário, vi sua presença no mosaico de seguidores. Daqui em diante, estarei sempre por aqui e espero você por lá!
Beijos.