sábado, 21 de novembro de 2015

BLARGH!

Entre o belo e o feio,
Sentiu-se normal.
Entre o magro e o gordo,
Imaginou-se média.
Entre o ardente e o frígido,
Viu-se morna.
Entre o explosivo e o apático,
Entendeu-se controlada.
Era a personificação
Do meio-termo.
Insuportável!

5 comentários:

Andradarte disse...

...nós por cá dizemos....Nem é carne nem é peixe...
Bom fim de semana
Beijo

Paulo Francisco disse...

Perfeito. Blargh!para a mediocridade
beijogrande

Rogerio G. V. Pereira disse...

Nem peixe
nem carne
qual o mal?

Ando a treinar
para vegetariano

(talvez consiga, para o ano)

Fê blue bird disse...

Que normalidade insuportável,BLARGH !

Um beijinho e boa semana amiga Gisa

heretico disse...

a finalidade da norma é ser subvertida...

muito bem!

beijo