domingo, 1 de setembro de 2013

ROUPA DE DOMINGO: ISABEL ISAACSSON

PARA SEMPRE?

Uma vez, me disseram que nada dura "para sempre". Confesso que fiquei triste no simples pensar sobre esta possibilidade. Porém, depois de analisar diversas situações do cotidiano, esta é uma frase errônea. Há sim, laços que duram para sempre! Um exemplo disso é amor que sentimos por um ente querido, pai, mãe, avô...que mesmo separados pelo tempo, a ternura e o carinho pela pessoa continua guardada em um lugarzinho especial do nosso coração. Eu acho, que quem disse que nada dura para sempre, não sabia...Há amores que atravessam distâncias tão grandes que nem podemos imaginar! O meu sonho, é viver um amor, que não dure para sempre, e sim para toda a eternidade! Vida após vida! Não, sei se isto vai acontecer, porém sei, que já tenho laços com esta mesma intensidade, e isto é reconfortante! Mas, será possível criarmos este laço com alguém, uma pessoa, um ser especial, que nos mova dia a dia somente pela sua presença?! Eu ainda não sei...mas já vi vários exemplos disso! E não é só em filme, não! Já quebrei a cara e me decepcionei mil vezes, mas sei que quando chegar o meu menino especial, ele não vai me avisar que está chegando...e por isto será tão especial, porque foi uma surpresa! Bem, aonde eu estava mesmo?! Me perdi em meio aos meus devaneios! Ah, sim! Que nada dura para sempre...você já sabe a minha opinião, agora me conte você! O que você acha?! Deu para refletir?! Espero que sim, beijos e até a próxima!
BELLA

Muito bem, hoje trago a vocês um texto da Isabel,
uma menina de 17 anos, meiga e cheia de sonhos,
que por acaso é minha filha!
Ela possui um blog de variedades junto com sua irmã
gêmea Valéria
Passem por lá, vale a pena conferir.
Obrigada pela presença sempre tão constante de todos!
Beijos da
GISA

4 comentários:

Prof. Ms. João Paulo de Oliveira disse...

Cara confrade Gisa!
Grato por nos brindar com o reflexivo texto da lavra da sua filha, que desvela o que pensa a respeito dos laços afetivos.
Certamente você fica em estado de deleite ao vê-la expor seus vieses, através da linguagem escrita.
Caloroso abraço! Saudações escritoras!
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Diadema-SP

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Gostei do texto e da forma como se pode ver nele essas meninas que acreditam nos sonhos e na continuidade do amor.

Desejo-lhes muita fé para nunca desistirem de acreditar no amor.

Fê blue bird disse...

Não podia ficar indiferente a este sentir tão puro e sonhador que me fez voltar à minha adolescência.
Já sou seguidora das suas meninas.

beijinho com carinho

Lia Noronha disse...

E essa efemeridade de tudo..que torna a vida mais interessante...sempre!!abraços carinhosos a ti.