quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

HISTÓRIA

Fugiram, de mãos dadas,
Para dentro das aconchegantes
Páginas do livro.
Percorreram o prólogo
Com o interesse de quem começa.
Irromperam o capítulo um
Comungando da curiosidade
Sobre o desenrolar da trama.
O capítulo dois foi de envolvimento,
O três de sedução
E o quarto da mais pura entrega.
Chegaram, entre suspiros, lágrimas e risos
Ao epílogo.
Olharam-se atônitos:
"Epílogo?"!
Correram à capa
Desenhando nela a salvação.
Sorriram com o resultado.
Voltaram ao querido ambiente,
Acomodaram-se em torno da palavra "FIM"
E dormiram aliviados.
Aguardariam no sonho,
O que estaria por vir
Nos próximos volumes
Daquela coleção
Que tinham acabado de criar...

9 comentários:

@ Escritora disse...

Lindo, um autor vivendo o personagem...

Acho que já disse que sou sua fã ...

Bjos

Ivone Poemas disse...

Que lindo desenrolar da trama, amei!
Abraços
Ivone

Paulo Francisco disse...

Sensacional!
Um beijo grande

Rogério Pereira disse...

CRITICA LITERÁRIA

Na coluna do jornal
de letras
era grande o elogio
Dizia o articulista
"História assim
nunca se viu"
e continua
"Os personagens,
hoje raros,
dão da vida
coisa florida
de odor intenso
ao longo do livro,
em crescendo.
Lê-se de uma rajada
e a capa
está bem ilustrada.
Um livro a ler
como uma receita
para atingir o sonho

Preço de capa equilibrado
Mas não adianta, o livro está esgotado"

Fê-blue bird disse...

Minha amiga, um livro eterno que nem todos têm o prazer de ler.
Maravilhosa esta sua "leitura" :)

beijinhos

Carla Ceres disse...

Se, num próximo volume, brigarem pra valer, podem decidir que cada um vai procurar outra estante. :) Beijos!

iglesiasoviedo disse...

Tu imaginación una y otra vez me sorprende, no debería pero es así, te superas continuamente, es desbordante. Muchas veces es difícil seguirte, pero siempre maravilloso.
Un beso enorme.

Arnoldo Pimentel disse...

Assim é a vida, um livro escrito capítulo por capítulo.Beijos

ANTONIO CAMPILLO disse...

Excelente escritura o lectura de un libro, Gisa.
Desde el prólogo hasta el epílogo los capítulos poseen su propia esencia, su personal visión del conjunto al que pertenecen.
Todos unidos, cuando el libro está conformado, o leído, tienen una importancia decisiva.

Un fuerte abrazo, Gisa.