quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

PRÍNCIPE?

Em um rodopiu fez-se bela
Como em um conto de fadas.
Cabelos em ordem, vestido de estrelas e sapatos de sol.
Saiu a procura dele,
Detestava esperar.
Encontrou-o dormindo profundamente.
Deu-lhe um beijo.
Nada.
Deu-lhe o segundo beijo.
Nada ainda.
Deu-lhe o terceiro,
Mais vibrante que todos os outros.
Nada aconteceu.
Desapontada, olhou-o com pesar do breve instante
Que julgou que merecia.
Deu de ombros, sorriu e
Seguiu em frente
Com a certeza de quem
Havia sido o real vencedor...

12 comentários:

Mª LUISA ARNAIZ disse...

Reinventar los cuentos me parece colosal. ¡Bien por la irreverencia!

Arnoldo Pimentel disse...

Ilusões que se perdem quando chega a realidade.Beijos

Rogério Pereira disse...

PRÍNCIPE!

Acordou estremunhado
com a sensação de ter sido tocado
ao de leve, como quem beija...
Não teria sido uma, nem duas,
talvez três, as vezes que se sentiu
beijado...
Afastou a ideia para outro lado,
podia lá ser?
Levantou-se , a custo
pois era grande o peso
mais pesado
que o sono
que o havia prostrado.
Elmo, malha, escudo e espada
todo areado e esmerado
faziam dele
mais que um príncipe,
um cavaleiro andante
de aspecto deslumbrante

Montou na égua branca
e lá partiu, retemperado
procurando a fada
que lhe tinham dito
passear-se em seu principado

Venceria se a encontrasse

Filoxera disse...

Gostei muito do post.
Mas a conjugação entre este e a continuação que o Rogério escreveu, fica ouro sobre azul.

A propósito: lindíssimo, o gesto que li no blog do Rogério.
Magistral. Nuna vi nada semelhante...

Um abraço.

andrebdois disse...

maravilhoiso amiga, tudo muito lindoo!!

Paulo Francisco disse...

Lindo! Perfeito!
O final é tudo de bom.

¨Seguiu em frente
Com a certeza de quem
Havia sido o real vencedor¨

Um beijo grande

ஜ♥Patricia♥ஜ disse...

Muito bonito este poema, mas acho que este príncipe já perdeu seu encanto.

ANTONIO CAMPILLO disse...

Cuando los caminos trazados se invierten nos encontramos con grandes sorpresas.
¡Qué irreverente dormilón!

Un fuerte abrazo, Gisa.

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Gisa, por isso é que Deus ajuda quem cedo madruga! rs...rs.
Beijo com carinho.
Manoel.

Mery disse...

Alguém já disse o que queria dizer, "esse prÍncípe perdeu seu encanto,,será que foi o derradeiro beijo?
O ADEUS DEFINITIVO?
DESAPONTADA...!
Boa sorte, beijinhos.

ELAINE disse...

A festa dos 800 já começou! Só falta você! Vem! Uma sexta-feira abençoada e um final de semana iluminado! Grande e fraterno abraço!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/
http://www.dihitt.com.br/elaineaverbuch
http://twitter.com/@elaineaverbuch

iglesiasoviedo disse...

Quien fuera príncipe y que insistieran una y otra vez los besos. Dejarse querer y ser querido.
Besos.