terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

CONVERSA

Concentro.
Caço as linhas que fogem
Entrelaço-as uma a uma
Com paciência.
Moldo o origame.
Enfeito com palavras
Uma aqui,
Outra ali,
Mais outra acolá.
Afasto-me para conferir o todo.
Perfeito.
Penduro a obra na janela
E espero o vento.
Logo, logo irão conversar,
Eu sei...

6 comentários:

*Escritora de Artes* disse...

E sairá uma bela conversa...rs

Bjos querida amiga

Leonardo B. disse...


[tecido em silêncios
pacientemente

o corpo das palavras.]

um imenso abraço, Gisa

Lb

Rogério Pereira disse...

O vento veio apressado
E foi, saiu pelo lado contrário
Passou
e não falou
Vamos nós à conversa?
Quem começa?

ANTONIO CAMPILLO disse...

Está muy bien pensado esto de colgar palabras en diferentes lugares de las ventanas, Gisa. El viento las copiará, las trasladará y cuando se puedan unir se podrá hablar con libertad y ansia.

Un fuerte abrazo, querida Gisa.

Zélia Cunha disse...

OI Gisa,

Passando aqui para conhecer teu blog. Parabéns pelos teus textos. Amei esta conversa de palavras com o vento.
Beijos

Nos Amando... disse...

interessante Giza
nunca parei para vê esse ponto
de vista entre o vento e o Origami
imagino que foi de um pássaro rs
linda tarde
bjs