terça-feira, 22 de outubro de 2013

PASSOS

Rastros indeléveis
Projetam fantasmas
Nas minhas paredes
De vidro fosco.
Aguardo, pacientemente,
A materialização.
Sei que virá.
Já ouço os passos...

3 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Mentes
Não me ouves um só passo
caminho descalço

Cidália Ferreira disse...

Lindo
Posso chegar em pézinhos de lã.

beijos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

AC disse...

Enquanto caminha deixa o rasto dum olhar insinuante, misterioso...
Será sedução?

Beijo :)