sexta-feira, 28 de junho de 2013

PRESSA

Corro
Diante do natural impulso
De chegar mais rápido.
Perco
Todos os naturais impulsos que teria
Se chegasse mais devagar.

7 comentários:

Mafalda Sofia Antunes disse...

Nunca se deve ter pressa de fazer nada de nada. Devemos sempre fazer as coisas com muita calma. Beijinhos e bom fim-de-semana!! http://mafaldinhaarte.blogspot.pt

CHIICO MIGUEL disse...

É fácil dizer que "faça tudo devagar".Mas os gêmeos são assim muito inquietos, querem fazer muitas coisas tudo de uma vez. Queriada amiga Gisa, eu sou assim. E você, é somente na poesia, no sonho? Creio que não. Queremos amar muito e muitos. Não pode, mas queremos.
Não me tome como chato, falando em signos, por isto vai lá meus abraços muitos e fortes, meus beijinhos beijões, que eu não sou mesquinho.
Xyco.Mygwel

heretico disse...

nem por muito correr se chega mais depressa...

belo. sempre.

beijo

andressa disse...

Queria entender melhor sobre os impulsos ao chegar devagar... De qualquer forma, preciso muito deles :)

Graça Sampaio disse...

É mesmo isso! muito bem dito e em tão poucas palavras!

Beijinhos

Rogério Pereira disse...

Faça como eu recomendo
Faça como eu faço
Depressa, no primeiro momento
Depois modere o passo

ANTONIO CAMPILLO disse...

Sí, Gisa, los impulsos naturales deben ser mentalmente rápidos y materialmente serenos y profundos. Nunca renunciar a ellos porque cuando el alma se serena y se sedimentan, se posee la clave para una vida plácida. No stresante ni inmóvil, relajante y siempre con variaciones que no pierden su sabor.

Un fuerte abrazo, querida Gisa.