terça-feira, 10 de janeiro de 2012

DOR


Meus sonhos costumam não ter registros.
Não conseguiria conviver com a dor de mumificar sentimentos 
Em um mero pedaço de papel.


15 comentários:

Lamarque disse...

é isso ai gisa. nao vale apena mumificar os sonhos - valeu lamarque

Sonia Guzzi disse...

Sonhando e compartilhando...
Beijo, em divina amizade.
Sonia Guzzi

Evanir disse...

É sua amizade que desejo lembrar para sempre e estará sempre em meu coração,
mantendo-nos aquecidos, fortalecidos e segura de que nunca estarei sozinha.
E é assim que eu guardo você
Minha linda Amizade.
E é assim que eu quero guardar...
Como alguém que estará longe, mas sempre lembrará de mim.
Obrigada pelo carinho nesse um ano de Viagem comigo.
Obrigada por estar do meu lado sempre sem notar meus defeitos
me aceitando como sou.
Sei que deixo muito a desejar em responder a sua visita
mais tenho cada amigo e amiga no coração.
Me perdoe por levar uma unica mensagem para visita
infelizmente minhas mãos não ajuda .
Porem me sinto feliz e recompensada por todos entender minha situação.
Na postagem tem uma presente desse dia tão feliz para mim
ficarei feliz em encontra-lo no seu blog.
Obrigada ,Deus esteja com todos nos nessa jornada
que Deus me permita estar contigo por muitos anos ainda.
Beijos e carinhos.
Evanir

Julie disse...

Gisa, estoy aprendiendo portugués contigo. Gracias amiga. Como siempre admiro tus letras y sus contenidos.

Rogério Pereira disse...

FAVOR

Poeta,
deixa, poeta
Farei isso por ti
com a palavra certa
(os sentimentos, à distância,
passam a ter outro sentido
outra relevância
e... chamam-se memórias)

Dilmar Gomes disse...

Amiga Gisa, passando por aqui para deixar o meu abraço. Tenhas uma linda noite, com sonhos... ou sem sonhos...?

Andy Santana disse...

Que lindo!
adorei.

Rart og Grotesk disse...

a dor de mumificar os sentimentos...
gostei das palavras! obrigado pela visita! e desculpe meu sumiço por aqui!!

bjs

http://artegrotesca.blogspot.com

Paulo disse...

Escrevendo os meus sonhos, eu registro-os para que um dia eu me lembre de que fui capaz de sonhar.
Um beijo grande

ANTONIO CAMPILLO disse...

Tienes razón, Gisa. Los sueños deben ser inéditos. Nunca deberían nutrirse de recuerdos, ni buenos ni malos. Además, como dices, ¿se puede aguantar que un largo sueño tenga por lecho de descanso un papiro?

Un fuerte abrazo, Gisa.

Ivone Poemas disse...

Sonhar e registrar, propagar, desejar firmemente eis o meu parecer!
Amo sonhar e escrevo para nunca esquecer e tenho mais de 3000 páginas em livros que sonhando vou registrando, nem que seja para a posteridade!
Abraços!
Ivone

Carla Ceres disse...

Oi, Gisa! Sonho é uma borboleta viva e não fica quieto enquanto a gente tenta traçar o contorno de suas asas no papel. Beijos!

Nuvembranca disse...

Tudo passa, mas a vida continua.
Parabéns.

iglesiasoviedo disse...

No sueñes tu vida.
Vive tus sueños.
Un beso en tu corazon.

OceanoAzul.Sonhos disse...

Gosto de sonhar, os meus sonhos não têm dor, apenas desejo de concretizar e isso leva-me a continuar...

Beijos amiga
cvb