segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

CAOS

Tento colocar minhas ideias em ordem
Numero-as ao acaso
Coloco-as em fila
Exijo que façam silêncio
Olho cada uma no rosto,
No fundo dos olhos.
Descubro, atônita, a minha incapacidade diante delas.
Deixo os braços caírem
E, com um suspiro de resignação,
Rendo-me ao caos.

16 comentários:

Leonardo B. disse...

[cada dia um acaso, acontecido; cada caos, o principio da tecida palavra, principio e vida]

um imenso abraço, Gisa

Leonardo B.

Bibiana Benites disse...

Gisa!

Tem um Meme Literário pra ti no meu blog.

Beijos.

Marília Felix disse...

"Tento colocar minhas ideias em ordem
Numero-as ao acaso
Coloco-as em fila
Exijo que façam silêncio..."

ADOREI!
Saudades Gisa. Mil sorrisos para você!
(;*

Quino disse...

Alfa y Omega, principio y fin... Genial forma de describirlo de forma tan sucinta.

Beijos Gisa e que pases Bon Día de San Valentín...

Betha Mendes disse...

Idéias são desobedientes como os poetas, Gisa!

bj

Betha

Arnoldo Pimentel disse...

Tentar colocar as idéias em ordem é sempre um desafio, beijos.

Lully disse...

Adoooro!!
Deixamos cair os braços, e então percebemos que é mais sábio deixar que as idéias se cansem por si só.
Beijo, amiga!

Carla Ceres disse...

Gisa, os criadores precisam do caos. Até o Criador precisou. Beijos!

Zé Carlos disse...

Gisa minha menina, mais uma aula. Vc é grande gaúcha.
Um beijo enorme do ZC

Lufe disse...

Gisa,
Li agorinha um texto que reporta ao teu...

http://contosdelily.blogspot.com/

Você conhece a Lily/Suzana?
Vale a pena conhecer....

bjo

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

do caos vem a leveza do sempre recomeço

Rart og Grotesk disse...

se colocar diante de suas próprias idéias e se sentir incapacitada diante delas, as vezes é difícil se entender ao meio de nossas próprias idéias...

ótimo poema!
bjos!

http://artegrotesca.blogspot.com

dja disse...

Oie lindona!!
E, com um suspiro de resignação,
Rendo-me ao caos
também ando me rendendo rss
beijos.

silvioafonso disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
silvioafonso disse...

.

À confusão geral dos elementos, antes
da formação do mundo e o embaraço
causado pela vergonha de alguma falta,
nada mais são, senão o CAOS
plenitude da palavra. O resto é preguiça
ou dengo. Ninguém, além de você e umas
outras poucas pessoas, têm ideias
confusas. A este fenômeno dá-se o nome
de CRIATIVIDADE. Portanto, esqueça a
bagunça que você acredita encontrar-se
a sua vida, abra os braços ao sol e deixe-
se banhar no dourado dos seus raios.

silvioafonso





.

Zatonio disse...

Em última instância, o caos é essencial, muito mais criativo que a ordem. Exemplo acima! Beijo!