quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

CINZA

Estou oca, vazia de ideias e ideais.
Preciso alçar voo novamente,
Esconder-me no espelho,
Afundar na areia quente da praia,
Caminhar sobre a linha do horizonte.
Quero brincar na folha
Branca, azul, amarela, furta-cor
Fazendo-lhe cócegas com meu lápis
E terminar ardendo
Na labareda mais alaranjada que eu encontrar
Quero ser cinza
Para ter o poder do recomeço.

11 comentários:

Zatonio disse...

Será, com certeza, a mais bela Fênix de toda a História. Beijo!

dja disse...

E que venha essa Fênix
bjos lindona.

Guará Matos disse...

Torço por isso, mas não abandone os que lhe inspiram.
Bjs.

Malu disse...

Recomeçar é muito bom. Quando tudo fica igual, tedioso, sem brilho é o momento de recomeçar. Melhor mesmo é ter a coragem para isso.

Eu admiro teu blog. Por isso resolvi ficar.

Um abração!

Déya disse...

É. E depois ser fênex...

é tudo que quero alçar um novo vôo..

beiJO Querida...

Quino disse...

Que esa "cinza" tenga por lo menos algo de brasa para avivar la vida en cualquier momento y rsucitar como el Ave Fénix. Buen poema. hace meditar y reflexionar.

Beijos dende Galicia.

Francy´s Oliva disse...

É sempre é bom recomeça, ter novas possibilidades e novos desafios.
Bom final de semana.
bjs

Carla Ceres disse...

Nossa! Você nasceu pra escrever poesia. Esse poema é demais! Beijos!

Aventuras de Ferrinho disse...

Cinza? A mim parece que vc é toda colorida!
Passo para convidar a conhecer minha ilustração lá no blog da Construtora de Palavras. :)
Sigo seu blog, porque ele tem a leveza do que é verdadeiro, mesmo quando a verdade é pesada.
Bjinho

Maria Lúcia Marangon disse...

Você será mesmo uma linda Fênix.
Beijos!

Lufe disse...

Os ideais nunca morrem, as idéias sempre voltam a florescer preenchendo o suposto vazio do imaginário. As lentes não conseguem mascarar as cores da vida e as vezes, um pouco embaçadas, nos apresentam imagens ocres, que rapidamente se transformam em arco-íres, quando a brasa que permanece viva sob as cinzas se renova em chamas ardentes. Te sinto assim....

bjos