domingo, 21 de novembro de 2010

CAMINHOS

Estava deprimida e destrutiva.
Psiu, silêncio!
Não podia revelar essa condição assim, ao vento.
As ideias amordaçadas se retorciam dentro do seu cérebro.
Queria ser mais simples, mais comum.
Gostaria, enormemente, de ser menos dramática, apoteótica.
Tudo com ela sempre acabava se tornando exaltação ou tragédia.
Não podia criticar o 8 ou 80!!!
Agia assim, era assim.
Tinha a intenção de ser feliz, apenas isso! Já era.
O ansiar mais e mais demonstrava uma gula exacerbada.
Chega de excessos, pensava, chega de exageros...
Olhava para frente e encontrava o sinuoso corredor da vida, com suas entradas, suas portas, suas janelas sedutoras, mas que a desviavam do objetivo final que era apenas caminhar em frente, envelhecer a cada passo e sorrir mecanicamente a cada vitória do senso comum.
O destino? Ah, o destino...
Só lhe restava embretar-se cada vez mais no seio da terra até o total apodrecimento.

15 comentários:

AC disse...

Há momentos assim, que eu considero de pausa, de retempero, de lavar das feridas...
Depois, o apelo do caminho volta a insinuar-se. Irresistivelmente.
(Gosto sempre, Gisa!)

Beijo :)

MODA GEZGİNİ disse...

hello gisa.blogunun dizaynı çok güzell.beatiful.thank you:)

Gustavo Osmar Santos disse...

Voce e Maravillosa,como a cidade do RIO...Regards.

Andrés Díaz Castro(Andestdi) disse...

Gisa,ante todo quiero agradecerte los generosos comentarios a mis poemas en mi blog. Disculpa el no poder corresponder como quisiera, el poco tiempo, el cansancio y muchos otros factores me lo impiden. Cuestión del camino por el que ando y "la gula exacerbada" del tiempo. Este es un bello poema Gisa, poema de reflexión y atmósfera, como me gustan. Un gran abrazo desde Canarias.

Gisa disse...

É AC pausas necessárias na busca do mais profundo para depois renascer. É o jogo.
Um bj. Adoro você por aqui.

Hello and thanks for coming!

Obrigada Gustavo. Adoro tuas fotos. Um bj.


Obrigada Andrés. Volte sempre que quiser. Amo os teus poemas e vou estar sempre por lá também.
Um bj.

Filosofia de canto disse...

"Tinha a intenção de ser feliz, apenas isso! Já era. "

Lindoo lindooo...Ainda vou fazer um post com esse seu trecho!
Ótima semana

Dois Rios disse...

Germinar, florescer, frutificar.
"Corredor da vida".

Beijo, querida Gisa!

Inês

p.s. Muito obrigada pelo selo. Já faz parte do meu último post.

Li disse...

Adorei!! Parabéns pelo Blog!
Beijinhos
Li

Marinha disse...

Gisa querida, me faz viajar em teus textos... sempre.
O "corredor da vida" te levará ao mais belo que há em ti, v i d a.
Um beijo

Arnoldo Pimentel disse...

Bom demais seu texto, tudo de bom pra você, beijos.

Gisa disse...

Obrigada pela presença Inês! O teu espaço é fundamental para mim, assim como a tua visita por aqui. Um bj.


Seja bem-vinda Li! Volte sempre que quiser! Será um prazer. Um bj.

Sim Marinha, não há nada mas belo do que a vida! Um bj.

Obrigada Arnoldo! Apareça sempre que quiser! Um bj.

A. Reiffer disse...

Tua pena não descansa, hein! Sempre nos deixando belas palavras! Abraços!

Verânia Aguiar disse...

mt poetica hj :)

parabens!

Gisa disse...

Sou bastante compulsiva, confesso.
Fazer o quê? Defeito de fábrica! rsrs
Um bj.

Gisa disse...

Obrigada Verânia! Apareça sempre que quiser. Um bj