sábado, 20 de novembro de 2010

XÍCARAS RACHADAS

Os dois lados completam-se, mas ainda existem falhas
Imperceptíveis aos olhos, mas palpáveis aos espíritos
Pequenos vãos onde a luz penetra e cria sombras inimagináveis outrora
Sombras novas, pulsantes,  que se modificam conforme a luminosidade
Criando imagens que amedrontam acalentando
Convite a reflexão:
Valerão elas a pena?

8 comentários:

Sil.. disse...

Eu sou daquelas que acham que tudoooo vale a pena Gisa.
Mesmo existindo falhas.

Um beijoooo, minha querida!!

Fernanda Barcellos disse...

oii Gisa,

Seja bem vinda à fuga.

Gisa, tudo vale a pena. Que a luz sempre nos acompanhe, e mesmo nos momentos de escuridão, que tenhamos serenidade e saibamos nos superar nesses momentos que a vida super-exige da gente.

Beijos e linda noite.

Solfejando poesia disse...

A água também certamente penetra aí...

Beijos, Gisa!

Álly

RASTATUN disse...

un gran saludo y abrazo desde canarias ... lindas tus palabras y muy agradable tu compañia . besos

Priscilla Marfori... disse...

Querida, você nos propoem sempre uma leitura agradável, dá gosto de ler!

B-Jos.

Gisa disse...

Tudo deve sempre valer a pena, mas às vezes, dá uma dúvida...
Um bj. Sil


Obrigada Fernanda! Seja bem-vinda por aqui também. Volte sempre que quiser, será um prazer!


Sim Álly, penetra e limpa... Um bj.


Obrigada querido amigo! Tuas fotos me encantam!
Besos

Obrigada Pri,sua presença sempre é importante para mim! Um bj.

Olavo disse...

Não...não vale
Beijos

Gisa disse...

Obrigada pela objetividade Olavo! rsrsr
Um bj e volte sempre! Já és imprescindível por aqui.