sexta-feira, 12 de novembro de 2010

REFLEXOS

A dança dos pensamentos.
Medos e anseios.
Questões sem respostas, máscaras que caem...
Desnudos, todos correm amedrontados da própria imagem refletida nos olhos dos outros.
Não é receio da exposição, mas o pânico do autoconhecimento

11 comentários:

By Alê disse...

Parabéns é sempre bom vir aqui.
Abraços do AlÊ.

Solfejando poesia disse...

Vc consegue retratar bem a imagem do nosso cotidiano de interrelações...

Beijos, Gisa!

Sua escrita é linda!

;*

Álly

Luiz Neves de Castro disse...

Gisa, O autoconhecimento é uma meta irrealizável, pois somos em cada amanhecer uma nova pessoa. E a eterna busca de si mesmo continua...

Gisa disse...

Obrigada Alê, volte sempre!
Um bj.

Obrigada Ally adoro seu cantinho também.
Um bj.

A eterna busca circular que finda onde inicia.
É verdade Luiz
Um bj. e obrigada pela presença.

Eduardo Lara Resende disse...

Procede! Dança dos pensamentos...
Tem "Monólogos" em Pretextos-elr.
Abraço grande.

Gisa disse...

Obrigada Eduardo, vou dar uma passada.
Bjs.

Rodrigo Passos disse...

Não é receio da exposição, mas o pânico do autoconhecimento. perfeito!

João Pedro Manso disse...

oi Gisa,

um maravilhoso cantinho que aqui tens

obrigado por o partilhares

bjs

Gisa disse...

Obrigada pela visita Rodrigo, volte sempre que quiseres
Um bj


Obrigada por me acompanhares João Peddro. Retorne sempre.
Um bj

AC disse...

Às vezes assumimos de tal modo as nossas máscaras que, quando mergulhamos mais fundo dentro de nós, há sempre algo que assusta.
Adorei, Gisa!

beijo :)

Gisa disse...

Pois é AC, o "conforto" das máscaras não pode ser utilizado para nos escondermos de nós mesmos.
Obrigada por estar sempre junto de mim
Um bj