domingo, 7 de novembro de 2010

LUA

 

A luz saía por seus poros dando-lhe um efeito de petit pois. A ansiedade escorria-lhe viscosa pela sola dos pés colando-a ao solo. Seus braços cruzavam-se contra o peito no instintivo sentimento de proteção. Quando seria o esperado momento? Estaria ela pronta? Seria mesmo necessário? O vento iniciou a soprar. Era um sinal da presença dele. Pedras de gelo derretiam ao longo da sua coluna. O calor gélido já tomava conta do seu corpo. A tempestade se avizinha, agora sim, definitivamente sim, era ele. O zumbido soou fraco mas já afetou seus ouvidos. Os passos já marcavam a areia da praia mas ele ainda não se deixava ver. Passos fortemente esculpidos, determinados ao seu encontro. Queria correr mas sabia que não seria possível. Aguardou. Os pés pararam a sua frente. Sentiu o calor dele, o seu toque sutil, o seu hálito. Não podia mais resistir, ele já sabia de tudo. Entregou-se sem luta, deixou que ele encontrasse o zíper. Esse foi aberto lentamente devolvendo ao céu a lua e jogando sua casca, sem vida, no mar.

10 comentários:

AC disse...

A eterna cumplicidade da lua... Ai se ela falasse...!
Gostei muito do momento aqui recriado, senti toda a envolvência...

Beijo :)

Gisa disse...

Ah AC, como é bom contar com a tua presença.
Obrigada pelos comentários.
Agora, se a lua falasse, estaríamos todos perdidos...! (rsrs)
Um bj.

Dois Rios disse...

Ah Gisa, que beleza de texto! Ou será poesia?
A metáfora encaixou-se com precisão. Lua e mulher: ambas inspiram beleza, suavidade, romantismo e amor. Perfeito!

Beijos com carinho,
Inês

Mundo da Lili disse...

Nossa que lindo essas poesia? poema? texto?
rsrsrs
eu não entendo!
Bjim

Lu disse...

Quanta sensualidade, Gisa!
E com a cumplicidade da Lua, então, hum...
Um texto gostoso, com ritmo, cadência, envolvente... Muito bom, como sempre!
Beijo pra você!

Doce Melodia disse...

Ah, menina... que mágico!

;*

Eduardo Lara Resende disse...

Excelente texto, Gisa, parabéns! Metáfora ótima.
Abraço.

Gisa disse...

Inês, texto ou poesia, o que preferires,acho que não podemos nos ater aos conceitos quando falamos com o coração...
Obrigada pela visita, um bj e volte sempre.

Obrigada pela presença Lili e tanto faz texto ou poesia, foi escrito sem pensar nesse ponto.
Um bj e retorne sempre que quiseres.

Obrigada Lu, sua presença e participação são fundamentais para mim.
Um bj. e apareça sempre que tiveres vontade.

Obrigada Ally
Um bj.Adoro te ver por aqui.

Obrigada Eduardo, que bom poder contar com tua presença.
Um bj.

Marinha disse...

Que lindo e sensual! A cada dia gosto mais de passara por aqui!
Uma semana cheia de luar pra ti, querida.
Bj

Gisa disse...

obrigada Marinha! E eu adoro te ver por aqui!
Um beijo.