segunda-feira, 1 de novembro de 2010

ESCONDERIJO

Meu rosto derrete-se em forma de cristais de gelo diante do clarão gélido da lua minguante.
Vagarosamente, o espanto vai tomando conta da minha ausência de expressão...
Em poucos instantes, transformo-me no reflexo do que os outros acham necessário que exista em mim.
Gargalho do fundo do meu umbigo.
Nunca irão me encontrar lá!

15 comentários:

Priscilla Marfori... disse...

Quando te leio, lembro de Shakespeare!

B-Jos.

MOISÉS POETA disse...

GISA !

QUE LINDO SEU TEXTO, QUE LINDO SEU BLOG...!

VOU SEGUI-LA PRA NÃO TE PERDER DE VISTA...!

UM BEIJO !

Gisa disse...

Obrigada Priscilla!
Bom vê-la por aqui
Bjs.

Seja bem-vindo Moisés!
Obrigada e volte sempre que quiser, será um prazer para mim.
Bjs.

panteraenlanoche disse...

Olá , gostei muito e obrigada pela visita ao meu blogue, Bjs.

CANELAFINA disse...

Virei seguidor a primeira vista. Corredor e apreciador do puro verso.Um abraço. Eduardo

Doce Melodia disse...

Muito bom, querida!
Gostei!

Bjos.

Gisa disse...

Oi Eduardo
Seja bem-vindo!Obrigada pelo comentário.
Venha sempre que quiser, será um prazer! Bjs

Gisa disse...

Obrigada Ally!
Bom vê-la por aqui! Bjs.

Lu disse...

Que maravilha de texto, Gisa!
Forte!
Você se esconde em si,
onde lhe querem moldar,
mas não há
quem conheça os meandros.
Amei!
Beijo!

João Lenjob disse...

Quanta gentileza a sua. Não deixe de ver a entrevista da atriz Lívia Gaudêncio no Castelo, http://castelodopoeta.blogspot.com, porque é importante para a arte. Um dia quero que participe dele.

Lado a Lado
João Lenjob

O meu amor é tão sagrado
Tão divino e dedicado
E não é pra qualquer um.

É um sonho aplicado
Carinhoso e detalhado
E não é pra qualquer um.

É a defesa de um desejo iluminado
De qualquer que seja o resultado
E não é pra qualquer um.

Mais um sorriso inacabado
Tímido e puramente afinado
Que não é pra qualquer um.

É somente lapidado
Pra quem respeite lado a lado
Que faça merecer, como nenhum.

Gisa disse...

O esconderijo é fundamental à existência!
Obrigada pela visita Lu! Volte sempre!
Bjs

Gisa disse...

Será um prazer João.
Obrigada pela presença!
Volte sempre que quiser!
Bjs

João Lenjob disse...

Pois é Gisa. A desconsideração governamental faz crescer a social com a arte e nada podemos fazer pois ainda precisamos de mais educação, saúde e segurança pública. O ideal é torcer para que tudo melhore e sobre um pouco pra gente. Sugiro que leia as outras entrevistas do Castelo. Na barra direita você encontra com a Sandra Sayão da Ford Models, com a remadora Fabiana Beltrame e com a cantora Érika Guerra.
E, se não for pedir muito, indique este nosso jornal cultural aos seus. É importante que todos leiam para que ele cresça a fim de dar um dinamismo diferente e virtual a todos e que a gente se valorizado em vez de só valorizar, né??
Beijos!!

João Lenjob.

RASTATUN disse...

BUENAS , DESDE CANARIAS TE SALUDO SI LO DESEAS PUEDES INSPIRARTE EN ALGUNA DE MIS FOTOGRAFIAS . SALUDOS CANARIOS

Gisa disse...

Pode deixar João, vou ler e a indicação será feita.
Um bj.