segunda-feira, 8 de outubro de 2012

CUIDADOS

No mapa das nuvens
Intui teu rumo.
Voei sobre terras e mares
Conduzida por teu magnetismo.
Enfrentei sol forte e tempestades,
Deslizei no brilho frio da lua cheia,
Perdi-me no pipocar das estrelas,
Na certeza de estar cada vez mais próxima de ti.
Atordoada aportei na praia de areias claras.
Olhei em volta e não te vi.
A força da atração, no entanto,
Seguia potente e clara.
Olhei para baixo e percebi tuas mãos,
Olhei para cima e contemplei teus olhos.
Sorri e entreguei-me aos teus cuidados.
Já devia ter percebido que não me deixarias só
Em viagem tão longa.

10 comentários:

Marco Rocca disse...

Gisa, escrevestes um excelente poema. Onde o desafio, a busca de uma bem estar e partilhada pela pessoa amada. Lindo demais e meus aplausos!

Flor de Jasmim disse...

Gisa
Lindo e muito criativo!

Beijinho e uma flor

ANTONIO CAMPILLO disse...

Un viaje pleno de sorpresas que pueden ser buscadas y queridas.
Más allá de las nubes, la luz destellante del sol nos dirige por caminos invisibles hacia un destino al que nos empujan el cariño o la falta de él.
Si la guía es la falta de cariño el viaje es complejo y pretende alcanzar otro punto diferente al vivido.
Si te llevan a un destino desconocido será una sensación muy diferente la que te aboque a cambiar tu camino trazado.

Un fuerte abrazo, querida Gisa.

Verânia Aguiar disse...

gostei :)

Eleonora Marino Duarte disse...

Gisa,

que bonito!!!!

:)

Mz disse...

Ter companhia assim por uma vida fora não é perder-se mas encontrar o amor.

Um abraço**

Evanir disse...

Meu coração fica feliz quando você me visita
Meu blog fica lindo com seu comentário
Minha semana é bem mais feliz quando tenho noticias de você.
Meu coração agradece quando você me carinha
com suas doces palavras.
Sua amizade é muito importante para mim,
pois meu blog ilumina com sua presença.
Uma semana na paz e na luz carinhosamente,Evanir.
Gisa minha amiga perdoe pela demora em te visitar .

CHIICO MIGUEL disse...

Gisa, hoje não vim só apreciar tua poesia, por sinal muito boa, com muita densidade e borbulando em sonho e natureza. Como as minhas são mais simples, porém me parece que muito sensuais, te oferece este soneto, um dos mais divulgados de toda a minha obra:
SENSUAL ALICE
SENSUAL ALICE

Francisco Miguel de Moura*

Foi na queda da minha meninice,
desaguando na minha juventude,
que me veio à cabeça esta virtude
de te gravar no coração, Alice.

Tu brincavas na areia, ondas salgadas
vinham quebrar-se nos teus pés sem pejo.
Aproveitar meu prematuro ensejo
seria um céu. Perdi nossas pegadas.

Sonho as curvas da praia, as curvas tuas
como o seio nascente que guardavas...
De tantas coisas desejei só duas.

Na noite, as mãos levíssimas de sondas...
E entre séria e risonha te afastavas,
levada docemente pelas ondas.

_________________
*Poeta brasileiro, mora em Teresina, Piauí. Membro da IWA – Estados Unidos, da Academia Piauiense de Letras e da União Brasileira de Escritores
e-mail: franciscomigueldemoura@superig.com.br
blogs: http://franciscomigueldemoura.blogspot.com
http://cirandinhapiaui.blogspot.com
sites: www;usinadeletras.com.br
www.wikipedia.com
Querida amiga:
Boa sorte, boa saúde, felicidade e amor, beijos, do

D. Xico Migue de Moura


Rogério Pereira disse...

Sim, por vezes me distraio um pouco
Mas nunca de perdi de vista

OceanoAzul.Sonhos disse...

Tão lindo...

beijinho
cvb