quarta-feira, 24 de outubro de 2012

DESFORRA

Correu em frente
Sem olhar para trás.
A oportunidade não teria escapatória.
Dessa vez a encurralaria
No beco escuro
Devorando-a com o imenso prazer
Acumulado pelos anos
Em que levou sendo lograda
Pelas outras tantas que perseguiu
Sem alcançar.

11 comentários:

Silenciosamente ouvindo... disse...

A desforra às vezes dá um certo
gozo, não é?
Gostei.Desejo que esteja bem.
Bj.
Irene Alves

Paulo Francisco de Araujo disse...

Perder uma oportunidade não é nada bom. Tem mais é que sair agarrando com unhas e dentes.
Um beijo

Smareis disse...

Oi Gisa,

As oportunidades tem ser encurralava mesmo.

Beijos e ótima semana,

ANTONIO CAMPILLO disse...

Una sutil venganza por ser apartada, sin enterarse, de un placer ineludible.
En España decimos que "La venganza es un manjar que se come frío". Es dura la alusión a un medio que no debería existir pero hay que tener la cabeza serena y ser frío como el mármol para que se "disfrute" haciendo mal por el mal hecho.
Los humanos somos así. Sin embargo, deberíamos hacer bien por mal pero las circunstancias especiales de cada venganza son las que ordenan el método de la misma.

Un fuerte abrazo, querida Gisa.

Flor de Jasmim disse...

As oportuanidades não são para deixar fugir.

beijinho e uma flor

Rogério Pereira disse...

Qual desforra?
É apenas um percalço,
no percurso do labirinto
A perseguição vai continuar
Eu o sinto...

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Gisa, a desforra muitas vezes se torna necessária.
Beijo carinhoso
Manoel

Cris Campos disse...

Enfim é assim mesmo que deveríamos agir com todas elas! Por isso aproveito e deixo-lhe um gr.bj.!

Paulo Sotter disse...

Só quem já perdeu uma oportunidade sabe a determinação em não deixar passar mais nada. Corretíssimo Gisa. Abraços

José María Souza Costa disse...

Estimada, Gisa

As oportunidades, não são para deixar-se passar.
Abraços

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Devemos sempre agarrar as oportunidades com unhas e dentes.

Um beijinho com carinho
Sonhadora