quinta-feira, 18 de outubro de 2012

FIM?

Com os fios brilhantes dos nossos olhares
Desbravamos o céu como bons alpinistas
Até o encontro na nossa estrela escolhida.
Como presente de compromisso
Ofereceste-me a lua envolta na fina seda
Dos nossos sentimentos mais loucos.
Aceitei de imediato.
Desembrulhei com cuidado.
Instalamo-nos na mais profunda cratera
E sumimos do mundo.

5 comentários:

Dilmar Gomes disse...

Amiga Gisa, eis uma paixão deslumbrada.
Um abração. Tenhas um lindo dia.

ANTONIO CAMPILLO disse...

La pasión dolorosa, la pasión inalcanzable, la pasión aceptada, la pasión hasta los confines del mundo.
Esta es la única solución: entrar en el más profundo cráter para, aislados del mundo, los amantes vivan la pasión que les llevará hasta la muerte.
Los sentimientos nunca son locos son apasionados, irreverentes, sensuales y absorbentes, tremendamente absorbentes y lúcidos.

Un fuerte abrazo, querida Gisa.

Hugo Nofx disse...

É curioso que FIM tenha as mesmas letras de FMI! E nós estamos a perfurar um buraco difícil de prever nas consequências! Coisinhas do meu País...

beijos!

Paulo Sotter disse...

Sumindo juntos não pode ser fim, é sempre começo. Um abraço Gisa

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Gisa, "desbravamos o céu como bons alpinistas". Gostei da sua inspiração.
Beijo carinhoso
Manoel