quinta-feira, 15 de novembro de 2012

BELEZA

Era linda
E de tanta beleza
Resolveu habitar o jardim.
Causou inveja ao passar.
Vou convidada para um lugar de destaque,
Em meio a tantas outras iguais.
Agradeceu e posicionou-se.
Consentiu que seus cabelos
Entrassem terra a dentro
Fixando-se ao solo
E prontas estavam as raízes.
Seu corpo alvo e esguio
Pintou-se do verde mais claro
Transformando-se em haste.
Suas pernas abriram
E folhas se tornaram.
Do meio das folhas
Nasceu a flor mais bela
Rubra, orvalhada.
Seu perfume atraía
A longas distâncias.
Ficou esperando
Até que alguém se atrevesse
A senti-lo de mais perto.
Seria rápida em seu bote.
Devoraria a presa
Sem que essa percebesse
Inebriada por sua magia
Tão característica
Das plantas carnívoras.

10 comentários:

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Gisa, dá gosto ler seus escritos e imaginar suas criações.
Adorei a planta carnívora.
Beijo no coração
Manoel

ANTONIO CAMPILLO disse...

Belleza y muerte para poder vivir. Su alimento no se encuentra en su totalidad en el suelo, necesita ser depredadoras de especies que gustan de la belleza y su dulce néctar.
El dulce néctar que debe encontrarse como un amante encuentra a otro...
Todo parece ser normal excepto su parto, su nacimiento complejo, a pesar de su gran belleza y delicadeza.

Un fuerte abrazo, querida Gisa.

Dilmar Gomes disse...

Obrigado amiga Gisa por nos contemplar com mais um belo poema. Um abraço. Tenhas uma lindo dia.

Rui Pascoal disse...

Com os cogumelos venenosos é que ela não contava...
:)

Luciano Craveiro disse...

Assim que li a palavra "devoraria" soube logo que se tratava de uma planta carnívora. rsrsrsrsrsrsrs:)))
Beijinhos

Fê-blue bird disse...

Bela e Perigosa! :)
Amiga Gisa admiro a tua fértil e talentosa imaginação.

beijinhos

Cristina Pavani disse...

Todavia, sou uma borboleta monarca!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Fico sempre sem palavras quando por aqui passo, Gisa.
PARABÉNS e obrigado

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa noite!
Gisa..tudo bem?
...afastarei com o gesto mais duro que conseguir e direi q não me toca nem me comove e que a precisão de mim não passa de FOME...
Obrigado pelo carinho da visita!
Ótimo final de semana!
Beijos

rouxinol de Bernardim disse...

Plantas carnívoras são como os ladrões: sempre à espreita para devorarem as vítimas incautas...