quinta-feira, 22 de novembro de 2012

HUMANA

Traçou os cinco planos
E saiu às pressas.
Executou o primeiro
Com desembaraço.
O segundo
Deu-lhe mais trabalho,
Mas concluiu rindo.
O terceiro e o quarto
Consequências dos demais
Pareceram bem mais simples,
Desinteressava-se por todos
Tão logo atingia o êxito.
Chegou ao quinto,
Com louros de vencedora.
Armou-se e falhou.
Insistiu e foi derrotada novamente.
Tentou outras tantas vezes
E o dissabor
Da frustração
Invadiu sua boca
Por completo.
Entregou-se cinza
À derrota inimaginada.
Era falível enfim.

9 comentários:

Rui Pascoal disse...

Se ela for como a Fénix... não tem problema.
:)

Luciano Craveiro disse...

Nenhum plano é infalível para sempre. ;)

Rogério Pereira disse...

ANÚNCIO

Instrutor competente, dá lições e treino para ultrapassar, com sucesso, todas as dificuldades da vida. Faz-se desconto a quem tenha tido experiência frustrada.
Recebe à hora.
Vai a casa.

Felipe Terra disse...

Felizmente perdemos...
Obviamente morremos..
(Ainda bem)

Abraço Gisa

Felipe

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Gisa, devemos estar sempre preparados para isso. O plano não falha, mas nós...graças à Deus, falhamos.
Beijo com carinho
Manoel

ANTONIO CAMPILLO disse...

No es fácil que se cumplan todas las ilusiones, proyectos o sueños, que cuando se planifican son, aparentemente, muy sencillos de llevar acabo.
Eso quinto trabajo, que al igual que los de Hercules, siempre son difíciles de cumplir, se resiste y provoca, ¡cómo no!, una falibilidad inimaginada.
Sin embargo, Gisa, no debe rendirse el espíritu de lucha, la sensación de victoria, ni el poder que ha proporcionado la lucha.
El regusto amargo de la boca pasará cuando se cumpla lo deseado.

Un fuerte abrazo, querida Gisa.

Andradarte disse...

Eu procuro não me entregar tão
facilmente....
Beijo

Nos Amando... disse...

ser flexível
tentar de outra maneira talvez.
lindo fim de semana bjs

Rô... disse...

oi Gisa,

ser mais maleável,
menos rígido,
recomeçar,
olhar para o outro lado...

beijinhos