quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

PRIVAÇÕES

Queria voar, recolheram-me as asas.
Como podes ser tão livre?!
Queria cantar, calaram-me a voz.
Como podes ser tão feliz?!
Queria chorar, secaram-me as lágrimas.
Como podes ser tão sentimental?!
Queria sorrir, roubaram-te de mim.
Como podes ser tão completa?!

12 comentários:

Leonardo B. disse...

[o quanto, apesar das "privações", me ocorreram os versos duma música, Asas, que também já foi cantada pela Eugénia Melo e Castro:

"Asas servem para voar,
Para sonhar, ou para planar
Visitar, espreitar, espiar,
Mil casas do ar.

As asas não se vão cortar;
Asas são para combater,
Num lugar infinito no vacuo,
Para respirar o ar.

As asas são
Para proteger, te pintar
Não te esquecer,
Visitar-te, olhar-te, espreitar-te
Bem alto do ar.»

... completas, infinitas as asas da palavra]

um imenso abraço, Gisa

Leonardo B.

so sad disse...

voar o sonho de todo homem!
beijo!

Suzi disse...

.

Pois é, Gisa... podemos até aprender a voar, mas nunca cometer o mesmo erro de Ícaro.
Nunca voar acima das nossas limitações.

Beijos, flor.

.
.

so sad disse...

menina...nunca tinha visto por esse prisma!
(eu sou arquiteta...rs)

beijo!

Lu disse...

Ser completa por si. Ser feliz consigo.
Ainda que roubem isso e aquilo, você ainda tem muito, porque tem a si mesma.
O outro é lindo em nossas vidas, com ele somos felizes, crescemos... Mas nós, sim, somos tudo, somos vitais...
Se o outro vier somar, ótimo!
Se vier roubar, que aprendamos a ficar bem e felizes sozinhas, até que apareça um outro que some.
Beijos, querida amiga!

Carla Ceres disse...

Interessante como nossas privações nos fazem enxergar o outro melhor do que realmente é. Beijos!

Alê do Escrivaninha disse...

Passei para desejar um ótimo final de semana.
Super Beijos até aproxima.
Parabéns pelo post.
Até mais.

Arnoldo Pimentel disse...

Muito bom e profundo seu poema, parabéns e tudo de bom pra você, beijos.

José Sousa disse...

Olá amiga!
Gostei da sua postagem...mais uma fonte de cultura que descobri! penso que é a primeira vez que cá venho, vou seguir o seu blogue, gostei. Siga os meus também!

www.congulolundo.blogspot.com
www.queriaserselvagem.blogspot.com
www.minhaalmaempoemas.blogspot.com
www.angolaeseusfilhos.blogspot.com
www.inforvideo.blogspot.com

Um grande abração e até sempre

Solfejando poesia disse...

Querida... ler vc é um deleite!
Tem selinhos de presente pra vc em meu blog!

Beijos, Gisa.

Álly

Betha Mendes disse...

Gisa,

ainda bem que asas nascem todos os dias. lindo poema!

bj

Betha

Gisa disse...

Linda música Leonardo. Um bj querido amigo.

Ah "so sad" visões novas sempre são intrigantes. Um bj querida amiga e obrigada pela presença.

Limitações como teto Suzi, não podemos esquecer por mais tentador que se apresente o voo.
Um bj querida amiga.

Concordo Lu, se não estamos bem conosco mesmo o que podemos querer contribuir para os outros? A conta deve ser sempre de somar.
Um bj querida amiga.

Obrigada pela presença Carla. Um bj querida amiga.

Obrigada Alê um ótimo fim de semana para ti também.
Um bj.

Obrigada Arnoldo. Um bj. e um ótimo fim de semana para ti.

Obrigada José. Volte sempre que quiser.
Com certeza vou passar por lá.
Um bj.

Obrigada Ally! Vou passar por lá querida amiga.
Um bj.

Ainda bem Betha! Um bj querida amiga.