quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

POEMINHA

As fitas coloridas que saem dos teus olhos têm força de festa
Enlaçam-me pela cintura e convidam-me ao calor
Corpos pulsantes e unidos é o que resta
Boca na boca tem muito mais sabor.

9 comentários:

By Alê disse...

Nossa deu até agua na boca.
Parabéns pelo poeminha.
Até aproxima amiga.
Super Beijo e fique com Deus.

AC disse...

Um poeminha com sabor a festa... da vida!

Beijo :)

Léo Santos disse...

Ao mesmo tempo em que é singelo, teu poema tem um lance "caliente" - tempero principal!

Um abraço!

Luiz Neves de Castro disse...

Um "poeminha" belo e surrealista (são os da minha preferência). Vamos continuar lendo, escrevendo e vivendo...

iglesiasoviedo disse...

Pequeño poema pero hermoso.
Festivo, alegre y amoroso, es el talante que me gusta para la vida.

Erico disse...

Oiê!

Os olhos falam, é verdade!
Teu lindo poema pode ser pequeno, mas as entrelinhas... Gigantes!

Beijos :)

Solfejando poesia disse...

Queria, que delíciaaaa essas fitas!
Perfeição colorida, adorei, Gisa!
Ando sumida, sem pc... =(

Postei um poema no blog Repouso das Letras, venha ver

http://repousodasletras.blogspot.com/2010/12/um-passeio-predileto.html

Bjo bjo, querida!!!

Álly

Gisa disse...

Obrigada Alê! Um bj e até a próxima.

Então vamos viver AC! Um bj querido amigo.

Gosto de temperos Léo! Um bj e seja bem-vindo por aqui. Apareça sempre é um prazer.

Sigamos Luis! Um bj querido amigo e obrigada pela presença.

Obrigada Iglesias. Um bj querido amigo!

Oiê Erico! Que metamorfose, hein? Apesar do cachorrinho ser simpático prefiro a nova imagem.
rsrsrs
Um bj querido amigo.

Um bj Ally. Vou passar por lá com certeza.

Rodrigo disse...

"Boca a boca tem mais sabor", ohooo Gisela!