sábado, 18 de dezembro de 2010

SEGREDO

O teu sorriso, o teu jeito, o teu ciúme e a tua brabeza visível em ser preterido.
É tudo muito engraçado e excitante.
Gosto deste jogo, destas idas e vindas, destes avanços e recuos constantes.
Estás preso?
Acho que não, mas com certeza estás curioso, tanto quanto eu.
O caminho não pode seguir pelo chão, mas, ... pelo ar..?
Fecho os olhos e sinto que não mais me pertenço, ou melhor,
Tenho muita consciência de mim mesma, com uma pessoa livre de tudo.
O mais íntimo que ninguém vê e sequer detecta,
Somente tu
Desconfias.

15 comentários:

Antônio Henrique disse...

Não sei se gostas de cazuza, mas, este poema me lembrou seus versos. uma jogada, aldácia. muito legal.

me permitiu desfrutar de um ótimo poema.

AC disse...

Há muito de amoroso neste tipo de jogo.
Muito cativante, Gisa!

Beijo :)

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

esses dias que estou carente, poemas como este me enchem de espernça de que de solidão não morro

Guará Matos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Guará Matos disse...

Dinte da Esfinge ele disse: "Devora-me então, mas tire os véus e dance antes de me colocar sobre a mesa".

Bjs.

Zé Carlos disse...

Gisa vc é cativante como escritora, adoro tudo o que crias e postas.

Um lindo domingo, beijos do ZC

Serge disse...

felice fiestas a ti!
Serge

Carla Ceres disse...

Agente provocadora! :)

Marília Felix disse...

Que belo poema Gisa!
*-----*
Passando para me deliciar com as suas postagens...
Grande Abraço!
Bjos.

BLOG DO PROFEX disse...

"Fecho os olhos e sinto que não mais me pertenço..." - é essa mesma a sensação de quem se apaixona. é um sintoma. Outro é falar pelos cotovelos em solilóquios que só os dois entendem...
Grande abraço! Um natal iluminado!

Priscilla Marfori... disse...

Oi Gi, por aqui nem preciso comentar, é tudo sempre muito agradável!
Felicidades pra você neste novo ano que se aproxima...

B-Jos.

Zatonio disse...

Acho que desconfio e tenho certeza, belo e provocante poema. Não precisa aprontar para vir se esconder aqui...hehehe..Beijo!

Alê do Escrivaninha disse...

Falou em Segredo lembro do meu livro preferido o Segredo de Rhonda Byrne, mas agora tenho dois segredos preferido o do livro e o do seu post.
Super Beijos.
Até aproxima.

Déya... disse...

olá ..
Gosto do jogo! Das idas e vindas não!
bjO Boa semana..

Gisa disse...

Amo Cazuza e muito me enaltece a lembrança que meus versos te trazem dele. Obrigada Antônio Henrique.
Um bj.

Obrigada AC. Gosto de jogos. Um bj querido amigo.

Ah Ediney, é nestes momentos que podemos contar com os amigos.Venha sempre que quiser, é uma honra para mim. Um bj querido amigo.

Bom Guará, sem comentários! rsrsrs
Bjs. querido amigo.

Obrigada Zé Carlos, você que é cativante como amigo. Adoro passear no teu blog, me encanta.
Um bj querido amigo.

Obrigada Serge! Para ti também. Um bj

Provocar sempre é bom Carla! Uum bj querida amiga.

Ah Marília, obrigada pelo carinho. Venha sempre! Um bj.

Obrigada Expedito! Seja bem-vindo! Um lindo Natal para ti também. Um bj querido novo amigo.

Obrigada Pri! Um lindo Natal e um excelente 2011 para ti também. Um grande beijo.

Ah Zatonio, então vou para lá. Um bj querido amigo.

Obrigada Alê. Então este fica sendo o NOSSO segredo. Um bj querido amigo.

Os jogos, fazemos as regras. Um bj querida amiga.