segunda-feira, 16 de maio de 2011

BUSCA

Vestiu-se de chuva e acolheu as lágrimas
Despiu-se de fogo e provocou o êxtase
Escondeu-se no escuro e afastou a dúvida
Revelou-se na luz e refletiu o brilho 
Transportou-se a outra dimensão
Buscando o eu
Irrefutavelmente perdido
Nas nuances do dia a dia

15 comentários:

Quino disse...

Hola Gisa,

Es normal cada día es distinto y en función de las emociones, asi lo vivirás. Excelente post.

Beijos dende Galicia.

Rogério Pereira disse...

Poeta
Esse desencontro de ti
não é inevitável
Procura-te em mim
e encontrar-te-ás

(Vês?
Nem todas as noticias são más...)

Amapola disse...

Boa tarde, querida amiga Gisa.

O nosso "eu" é tão vasto...

Um grande abraço.
Tenha uma linda semana de paz.

C. disse...

Às vezes nos perdemos mesmo, e já nem sabemos mais onde nos encontrar...

Beijo Gisa!

Lufe disse...

Ah, essa luta entre o eu e o mim....
Só o my self para resolve-la!

bjos

MARILENE disse...

o EU poderá sempre ser encontrado porque não permanece por tempo demais em outra dimensão.

Bjs.

Marcia Morais disse...

Lindo Gisa! parece comigo rs!boa semana!

Olga disse...

Very fascinating poetry! The effect has been breathtaking.

Marinha disse...

E em cada detalhe encontrou um pedaço do todo que a tornava inteira!!!
Bjo, amiga querida.

Pedro Coimbra disse...

É por causa de textos destse que a gente aqui passa frequentemente.
Bjs

Richard disse...

Sans doute doit-on profiter des bons moments, dès qu'ils se présentent, sans réfléchir. Et après la pluie, vient toujours le soleil ou le feu brûlant.
Il faut s'y accrocher.

Carla Ceres disse...

Como pode alguém criar tanta beleza diariamente? Moça, você é um mistério. Beijos!

Zé Carlos disse...

Linda Gisa, que bom te ver a cada dia mais linda.... bjs do ZC

Mundo da Lili disse...

Gisa amiga, que saudades de ti!!!
Bjaoooo

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Gisa, querida amiga. Não dá para perder nenhum texto seu. Sua cabecinha tem estórias geniais.
Beijocas.
Manoel.