domingo, 28 de agosto de 2011

SOL

O sol brilhou
E pronto!
Amanheci com ele dentro dos meus olhos.
Não sabia o porquê,
Mas lá estava ele,
Resplandecente!
Atrapalhava um pouquinho quando eu tinha que me movimentar.
Ardia bastante quando eu piscava.
Impedia totalmente o simples ato de enxergar.
Ao meio-dia então!
O calor foi inenarrável!
E assim passou todo o dia.
Até que chegou a hora dele partir,
Pois era chegado o momento.
Compreendi de imediato
Quando senti a lava quente escorrer
Pela parte interna do meu rosto
E escapar por minha boca.
Vivi o mais belo pôr-do-sol
Dentro de mim.

19 comentários:

Richard Moisan disse...

Si je comprends bien, tu étais comme un volcan éteint, et tu es venue en éruption... Eh bien!
Bon dimanche, Gisa, et félicitations pour ton pull rouge qui est magnifique et qui te mets bien en valeur!

Sonhadora disse...

Minha querida

Por vezes o sol inunda a alma e aquece o coração e voamos como uma brisa.

Um beijinho com carinho
Rosa

Arnoldo Pimentel disse...

Sol que clareia nossos dias.Beijos

Hugo Nofx disse...

O Sol dá-me energia. O Sol reconforta-me. Eu acho que ainda vivo por causa do Sol. Por vezes as coisas mais importantes não se conseguem encarar de frente.
beijos.
(Gosto do texto!).

Silenciosamente ouvindo... disse...

O sol sempre nos dá energia, logo criatividade.
Em Portugal o verão está quase a acabar,
depois é o cair da folha..o Outono...
Beijinhos e bom domingo

Rogério Pereira disse...

Estava já Deus meio adormecido
cansado
pois isto de se fazer o universo
é coisa de cansar
quando um anjo, travesso
o veio acordar:
"Deus, esqueceste-te do Sol"
Estremunhado
foi ainda a dormir
que o sol foi por ele colocado
naquele local errado

Fosse eu o anjo Querubim
te-lo-ia colocado dentro de si (ou de mim)

Sérgio Pontes disse...

Eu gosto do sol e ele também gosta de mim =)

Beijocas

Rebeca Estrela disse...

O Sol, ah...Necessidade de ter um sol em nossas vidas. A tristeza vem quando o sol some, mas o que é bom não precisa ser o tempo todo, senão enjoa.
Adorei o texto, parabéns. Beijos

Zé Carlos disse...

Gisa um sol conforme a sua descrição, diante de vc, é uma luta de brilhos que fica difícil mesmo para enxergar, mas eu ainda que goste muito de sol, ainda fico com o seu brilho!!!!

Bjs do ZC

Catia Bosso disse...

Quanto calor para um momento que também foi quente...

Lindo!

Bjs meus

Momo disse...

Olá querida Gisa!

Que texto lindo, esta cada vez mais prazeroso passar aqui de manhã e recarregar mais um pouco a bateria, para aguentar o dia-dia, assim como fazemos com a energia do Sol.

Beijos

Ricardo Calmon disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carla Ceres disse...

Então tá combinado, Gisa: você fica com o Sol; eu, com a Lua. De vez em quando, a gente troca pra não enjoar. Beijos!

Dja disse...

Bom dia minha lindona

Gisa eu começo lendo a sua poesia e quando eu termino de ler, falo pra mim aiiiiiiii que lindoooo, ahhh te adoro querida.

beijos e uma semana linda pra vc, com tudo que seu coração deseja lindona.

Lu Nogfer disse...

Eu amo o sol!Principalmente o belo por-do-sol!

Encantador o seu poema!

Beijo grande!

SELIA disse...

Olá, bom dia!
Amo acordar com sol brilhando em minha janela.
Em Salvador o sol chega muito cedo, vem brilhando e aquecendo a vida e os corações.
Felicidades e uma excelente semana de trabalho.
Selia

Quino disse...

Olá Gisa,

A necesidade dos raios solares que sempre nos dan enerxía, brillo tocando a nosa pel dunha forma moi cautivadora.

Beijos dende Galiza.

Vieira Calado disse...

Obrigado, caríssima, pelos seus votos,

em relação ao meu livro.

Saudações poéticas

CHIICO MIGUEL disse...

A poetisa e crítica literária Teresinka Pereira diz que o sol é seu Deus - ela uma humanista que naão crê num deus pessoal que premia e castiga.
Gisa, você vem com um poema ao sol - uma oração. Parabéns. O lançamento de meu livro foi um sucesso.
Obrigado por tudo.
mil abraços de amizade
francisco miguel de moura