quarta-feira, 16 de novembro de 2011

ACALANTO

Deitei ao lado e afaguei-lhe os cabelos
Cantei as mais belas canções de ninar
Dormi embalada por seu sorriso tranquilo
Próprio daqueles
Que saem para encantar
Os sonhos do mundo.

10 comentários:

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Gisa, tão bonito os seus olhos enxergarem e o seu coração sentir isso. Muito legal.
Beijo com muito carinho.
Manoel.

Dois Rios disse...

Um jeito suave de adormecer, querida Gisa!
Dormir embalada por um sorriso desses, resultam em versos que encantam.

Beijo,
I.

Sonia Guzzi disse...

Belo gesto no olhar de quem percebe beleza...e faz belos versos.
Gde abraço, em divina amizade.
Sonia Guzzi

Leonardo B. disse...

[o gesto que move o mundo,

o sorriso que nasce do sono calmo,
do passo calmo da noite, dentro do sonho]

um imenso abraço, Gisa

LB

Flor de Jasmim disse...

Divino adormecer.
beijinho

Rô... disse...

oi Gisa,

maravilhoso adormecer,
agora é só sonhar...
adorei!!!

beijinhos

ANTONIO CAMPILLO disse...

Cuando alguien que te quiere se encuentra cerca de ti mientras duermes, tus sueños son lindos y tranquilos.

Un abrazo, Gisa.

Dja disse...

hummmmm agora é só sonhar.

beijos querida.

Richard Moisan disse...

Les rêves... Rien n'est jamais plus beau.

Carla Ceres disse...

O sono mais tranquilo é o dos que adormecem ninando alguém, Gisa. Muito delicado esse poema. Beijos!