sábado, 19 de novembro de 2011

VISITA

O cheiro da chuva está repleto de ti.
Os pingos fortes trazem as tuas carícias.
O turbilhão de vento reproduz o teu corpo no meu.
Nos relâmpagos, vejo a clareza dos teus olhos
E nos trovões, a força das tuas palavras
Sempre sussurradas aos meus ouvidos.
Com pressa, deito-me na relva.
As nuvens negras já se aproximam
E a tua visita não tarda.

11 comentários:

Andradarte disse...

Beleza.....Muito sensual ...
Bom fim de semana
Beijo

Fernanda Coelho disse...

Que poema lindo!!! Meus versos favoritos:
E nos trovões, a força das tuas palavras
Sempre sussurradas aos meus ouvidos.

Obrigada por compartilhar.

Leonardo B. disse...

[a força dos elementos, a delicada força dos ventos

dentro da palavra]

um imenso abraço, Gisa

LB

PATRÍCIA disse...

Olá, Gisa
Lindos textos, queria ter o dom de fazer poesias...mas nunca conseguir, me contento em desenhar, Parabéns, tenho um ótimo sábado.

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Gisa, esse momento está pleno de muita energia. Gostei muito!
Beijo com carinho.
Manoel.

Julie disse...

La sensualidad hecha poesía. Precioso Gisa. Besos.

Rogério Pereira disse...

Quero partir
Mas atraso o ir
Ela espera-me
em tempestade
e não
com a intensidade
de um furacão

Pronto,
acalmei um pouco
e parto...

ANTONIO CAMPILLO disse...

La tormenta genera dos sensaciones que se desean percibir: la semioscuridad y la potencia del relámpago.
Cuando sobre el fondo oscurecido brama el relámpago de la luz, del amor, el escalofrío de las sensaciones sentidas provoca un calambre que recorre, como un rayo, todo el cuerpo.
Irrepetible. Inenarrable. Perfecto.

Un fuerte abrazo, Gisa.

Cores da Vida... disse...

Eis um encontro cheio de emoções fortes...

Beijos, Gisa.

Rô... disse...

oi Gisa,

a natureza sempre exerce
sua força sobre nós,
pena que são nuvens escuras que
vem se aproximando...
prefiro o sol...

beijinhos

OceanoAzul.Sonhos disse...

A força da natureza no amor.

um beijinho Gisa
oa.s