quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

ORDEM

Lembro.
Olhos perdidos,
Sussuros prazerosos,
Respiração ofegante,
Tarde chuvosa,
Calor tênue.
Lembro.
Mãos rápidas,
Corpos em contato,
Bocas quentes,
Sala na penumbra,
Taças de champagne.
Lembro.
Dúvidas circundantes,
Medos vencidos,
Preconceitos afastados,
Carro chegando
Ansiedade pelo começo.
Lembro.
Figuras no chuveiro.
Toalhas brancas.
Cabelo molhado.
Desejos saciados.
Olhares distantes.
Lembro.
Afastamento necessário.
Encerramento da cena.
Beijo de despedida.
Passos lentos.
Lágrima rolando sobre o sorriso vazio.
Lembro.
Esqueço.
Lembro.
Esqueço.
Lembro que é 
Melhor esquecer.
Desobedeço.

14 comentários:

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Gisa, essa nossa incapacidade de não acreditar se lembramos ou esquecemos, se recomeçamos ou terminamos de vez, se enfrentamos ou evitamos... Só desobedecendo é que saberemos o que é melhor para nós.
Beijo carinhoso no coração.
Manoel.

Paulo disse...

Se foi bom, não devemos esquecer.
Um beijo grande

Mery disse...

Gisa, legal a tua poesia*
...Ordem!
Muito Amor e Paz, nesse novo Ano <2012!
Felicidades! Fique bem!
Um forte abraço!
Mery*)

MARILENE disse...

Essa desobediência é saudável (rs). As lembranças do vai e vem fazem parte de nossas vidas.

Que 2012 lhe proporcione a realização de seus projetos, em todos os sentidos, principalmente na união familiar, no amor e na paz.

Bjs.

Andréya disse...

Eu também desobedeço sempre..

Beijos minha amiga beijos...

E um lindo ano!

Andréya disse...

Eu também desobedeço sempre..

Beijos minha amiga beijos...

E um lindo ano!

Andréya disse...

Eu também desobedeço sempre..

Beijos minha amiga beijos...

E um lindo ano!

AC disse...

Relembrar é, no fundo, uma tentativa de desmontar ou reformular a teia em que nos envolvem(os).

Um bom 2012!

Beijo :)

OceanoAzul.Sonhos disse...

Os bons momentos devem ficar a jeito para que se relembrem, cada vez que a vontade o desejar.

Bom ler-te Gisa
Excelente 2012!
beijinhos
oa.s

ANTONIO CAMPILLO disse...

Así pienso yo, Gisa. Es infinitamente mejor rebelarse, desobedecer.
Nunca podremos evadir los recuerdos que, días tras día, nos devuelven a una realidad quizás creada por ellos, quizás fruto de nosotros por no recordar.
Recordar y evadirse del recuerdo posiblemente nos dirigen al mismo punto. Por ello, lo mejor: rebelarse, desobedecer.

Un fuerte abrazo, Gisa.

Sonhadora disse...

Minha querida

A vida é feita de pequenos momentos de felicidade que devemos prender e torná-los eternos.
Que 2012 seja um ano de sonhos concretizados e de muito amor e paz.

beijinhos com carinho
Sonhadora

@ Escritora disse...

Tocou fundo...

Aproveito pra te desejar um feliz 2012, que o ano novo venha com muita alegria...

Saudaçoes

M. disse...

Ordem mas sempre com desordem:)

Belo texto.

Sirlara Wandenkolk disse...

Gisa,
belíssimo com toda a certeza que ainda me sobra para falar desse bendito amor e das coisas que ele trás, nem sempre más e quase sempre boas, afinal.
Adorei conhecer seu blog e sua escrita :)

Feliz ano novo e nem esqueça.

_
http://e-raumavez.blogspot.com