terça-feira, 14 de junho de 2011

PERGUNTA

Sinto saudades do teu gosto
Será que tem para vender na farmácia embalado em saquinhos, como chá?
Sinto saudades do teu cheiro
Será que eu conseguiria encontrar um frasco na perfumaria?
Sinto saudades da tua carne
Será que existem bolachinhas recheadas de ti no supermercado?
Sinto saudades do teu calor
Será que um cobertor com um calor parecido tem na loja?
Sinto saudades da tua presença, do teu toque, das tuas palavras, ditas e não ditas, do teu sorriso e da tua seriedade, do teu suor e do teu corpo fresco no chuveiro, dos teus olhos em mim, da tua língua e da tua boca a me percorrer...
Será que não queres voltar só mais um pouquinho apenas para que eu consiga te aproveitar por mais uma hora que seja?

18 comentários:

Déya disse...

Saudades daqui..
Como sempre tudo muito lindo.
Perguntas? Sempre elas né..

Um beijo querida...

Li disse...

Conheço bem essa saudade! Complicado né??
Beijo grande!
Li

Sotnas disse...

Olá Gisa, que tudo esteja bem contigo!
Creio que saudade assim, não seria qualquer frasco com similar, ou bolachinha com sabor que resolveria, esta saudade somente arrefece com a presença física, o que justamente o encerramento do texto sugere. E que tua saudade seja amenizada, bem antes que se torne uma real dor!
Bons escritos por aqui, e que agrada aos que por cá passam, assim desejo a você e todos ao redor muitas felicidades sempre, abraços e até mais!
Grato pela amizade!

F.H.Canata disse...

Olá Gisa!

Recebi um presente hoje e gostaria de dividí-lo com você!
caso aceite o selo, pode passar em meu blog e pegá-lo!

Abraços!
Canata

Paulo Francisco disse...

Esta saudade mata!
Um beijo grande

iglesiasoviedo disse...

Tengo saudades, de todo lo tuyo, añoranzas de lo que hicimos, recuerdos de nuestras complicidades.
Precioso poema de recuerdos y añoranzas, quizás de alguien con quien fuiste feliz por corto tiempo, hermoso poema como todos los tuyos.
Un beso.

Cadinho RoCo disse...

Muito bom sentir do ser amado o sabor do prazer que nos inunda de desejo.
Cadinho RoCo

OceanoAzul.Sonhos disse...

Gisa, traduziste o sentir da saudade.
bj amiga
oa.s

Rascunho em Palavras disse...

Lindo =) mas essa saudade como dói =(

Beijos querida!

Eva BSanz disse...

Me ha hecho sonreir, me gusta =D

Mi beso

ϟ Cynthia Brito disse...

Giiiiiiiiiiiisa!
Essas perguntinhas...
Fico aqui pensando, sabe, nem sempre a gente tem como formular essas perguntas porque tudo acontece muito rápido e a falta de fé e coragem nos pressiona a desistir, e a levar tudo água abaixo!

É assim mesmo!
Nem sempre haverá condições para pedir pra que alguém volte e permaneça na nossa vida...

Boa quarta!
beijos

Rart og Grotesk disse...

isso que é saudades em todos os "sentidos"!!!

bjs!

http://artegrotesca.blogspot.com

eltiempohabitado disse...

Saudades... Nostalgias, versos impecables... Me ha encantado. Un abrazo, mi amiga.

manjedoura disse...

olá
pois a saudade é uma palavra complicada, dificil de explicar.
Mas na saudade podemos ainda incluir boas lembranças e muita esperança.
bjs

Marinha disse...

Hmmmmm!!! Senti um perfume, um sei lá que não consigo definir e a culpa é tua Gisa... rsrsrs
Bjo

Carla Ceres disse...

Convidando assim, o amor volta, Gisa. Beijos!

Rogério Pereira disse...

RESPOSTA

Fico até anoitecer
se uma qualquer noite acontecer
e chego inteiro:
gosto, carne, calor, toque e cheiro
Os gestos são por conta tua
faz o que quiseres de minha alma nua
que assim se dá
para compensação do seu tardar
Não foi fácil cá chegar
Entre a realidade do outro lado
e o sonho que mora neste
calculas lá
as voltas que um homem dá?

Andradarte disse...

.....isso sim....tem de ser chamado.....de
saudade profunda.... Bem vivida
Beijo