quinta-feira, 30 de junho de 2011

AMPULHETA

Virou a ampulheta e soltou o tempo
Até a queda do último grão pretendia trazê-lo de volta
Se valia ou não o esforço,
Isso seria discutido depois de ver seus olhos mais uma vez.
Se ao primeiro olhar,
Ela não mais se encontrasse refletida naquelas pupilas
Deixaria que se fosse, sem lutas...
Mas, se ainda continuasse lá
Nunca mais permitiria que fugisse
Como ele poderia pensar que ela concordaria que se fosse
Carregando-a como prisioneira naquele olhar?

8 comentários:

AC Rangel disse...

Este olhar, Gisa, traz o reflexo do verdadeiro amor. E ela o conquistará definitivamente quando pousar os olhos sobre si mesma. Linda poesia.

beijo, amiga

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Olá.

E quantas vezes
nos prendemos a um olhar,
e vemos nele
a imagem que imaginamos
refletir-se em nós...

Vida plena em teus dias.

wcastanheira disse...

Estar prisioneiro de um olkhar, por vezes é tudo q pedimos e queremos, uma bela postagem, linda e profunda, faz pensar, leva ameditar, gostei muiiito pra vc bjos , bjos e bjossssssssssss

Luís Coelho disse...

Por vezes o amor aparece no olhar e é tão encantador que ficamos prisioneiros dele.

Mas quem poderá falar do amor e dessa prisão que nos arrasta contra tudo e contra todos...?

audaciosopensamento disse...

É, talvez fosse hora de virar a ampulheta novamente, mas dessa vez pra se libertar daquilo que cismamos querer que nos prenda... Mesmo sendo um olhar...

Beijo!

Diogo Didier disse...

Tvava devendo uma visitinha aqui neh amiga?! Perdoa a demora, mas são tantos blogs que a gente acaba esquecendo sem querer de alguns...

Gosto muito desse espaço a começar pelo título dele...

Bjoxxxxxxxx no coração!

Silenciosamente ouvindo... disse...

A sua poesia muito me agrada.
brigada por se ter registado no meu blogue.
Tenho um mais virado para a poesia:
http://sinfoniaesol.wordpress.com
Beijinho

F.H.Canata disse...

Olá Gisa!

Seu espaço tem me encantado muito, sempre com suas palavras tão sinceras e verdadeiras. Por gostar tanto deste cantinho, quero compartilhar com vc, os dois presentes que ganhei!
Quando quiser passe lá em meu cantinho para buscá-lo!

Um abraço!