terça-feira, 12 de julho de 2011

ANDARILHA

Ando na linha do horizonte.
Dali sou capaz de alcançar e me apropriar de todo o ouro contido no pote que jaz embaixo do arco-iris.
Pergunta básica:
“ – O que eu vou fazer com o ouro se sou uma andarilha condenada, eternamente, a seguir apenas esse trilhar?”

21 comentários:

AC disse...

Pois é, Gisa, há sempre um novo arco-íris à nossa espera. Além disso, não é garantido que a recompensa pretendida seja o conteúdo do pote... :)

Beijo :)

Silenciosamente ouvindo... disse...

Mistério? Enigma? Cada qual que pense o
que quiser.
Bj.
Irene

Rô... disse...

oi Gisa,

não importa o ouro,
o que importa realmente,
é o arco-íris
que dá sentido e cor as nossas vidas...

beijinhos

Rogério Pereira disse...

Não te apropries dele
Procura-me pela linha de horizonte,
esta que me está aqui de fronte...
e deixa o pote ficar
Debaixo desse arco-iris
passei a ser Midas,
transformo em ouro tudo o que tocar...

valquiria disse...

Sugiro que vá destribuindo o tesouro que encontrar no caminho por onde passar.

Mas o maior tesouro que temos é a amizade que construimos no nosso caminhar.

Obrigada pelos carinhos deixados nos meus espaços, venha sempre deixar a trilha que desejares, és bem vinda. Abraços.

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

de nada serve o ouro diante a beleza da liberdade

A. Marcos disse...

Gisa, é vc quem escreve seus textos?

Arnoldo Pimentel disse...

Bastante profundo seu texto, mas nem pra tudo o ouro é importante.Beijos

Andradarte disse...

Tão preocupada com o ouro....e um arco-iris tão lindo.....,verdadeiro ouro...
Beijo

Flor de Jasmim disse...

Gisa
Para que serve o ouro? se não houver liberdade, para observar a beleza do arco-iris.
Beijinho muito grande

Catia Bosso disse...

Uma andarilha quase de posse do pote de ouro...

Muito bom! Linda Gi... beijos meus

Cat

Maria Lúcia Marangon disse...

A liberdade é o nosso maior tesouro.
Boa semana, Gisa!
Beijos!
PS: Gostei do seu favicon. :)

Vieira Calado disse...

Resposta básica:

Não há ouro nenhum na base do arco-íris!

Se assim fosse, nem os conseguiríamos ver, porque já os grandes milionários os teriam açambarcado
a todos!


Bjsss

ϟ Cynthia Brito disse...

A gente sempre tem a chance de cambalear, Gisa! rsrs

Boa noite! Beijos.

Luís Coelho disse...

Não sei responder a este enigma, mas se souber chama por mim.
Leva-me para essa linha que nos satisfaz.

Hugo de Macedo disse...

Resume um pouco a busca constante da vida.

Belas palavras.

iglesiasoviedo disse...

Tienes razón, el oro solo sirve para atarte, para quitarte la libertad. Libertad de pensamientos, de movimientos, libertad de buscar el autentico amor, la autentica libertad, la definitiva felicidad.
Se un espíritu libre, es la mayor riqueza.
Un beso.

Carla Ceres disse...

Querida Gisa, os potes de ouro nos arco-íris pertencem aos duendes que lá os escondem. Devolva-os a seus donos e poderá contar com a amizade desses seres mágicos em sua caminhada pelo horizonte. Beijos!

Julie disse...

Búsqueda, camino, ilusión, todo lo que se quiera pensar. Muy bello, amiga.

OceanoAzul.Sonhos disse...

Contempla apenas o arco-iris na linha do horizonte.
bj
oa.s

Márcio Ezequiel disse...

Além do horizonte existe um lugar...
Abraço!