domingo, 10 de julho de 2011

SENTIR


Sinto!
Sentirei?
Sentia...
Agora não mais.
Sinto muito.

14 comentários:

Arnoldo Pimentel disse...

Sentimentos mudam, mas sempre existem. Beijos

Natalia Campos disse...

É o que estou sentindo...belíssimo, minha cara!
Adorei. Beijos. Au revoir.

iglesiasoviedo disse...

Sientes, sentías y sentirás. Siente siempre, siente que sientes, no dejes nunca de sentir. Si no sientes es que ya no estas, no nos dejes nunca. Siempre me sorprendes. Adoro tus sorpresas.
Un beso.

Flor de Jasmim disse...

Gisa
Lindo!!! Que não deixes de sentir.
Beijinho

Marinha disse...

Quem provoca o sentir deve estar atento que a não manutenção do sentimento causa o não sentir mais, e aí só resta ouvir "sinto muito". Perfeito, querida!
Bjo, Gisa.

wcastanheira disse...

O verdadeiro pqueno q satisfaz, uma grande mensagem, acho q merece bjos, bjos ebjosssssssssssssss

Andradarte disse...

Belo trocadilho.....
Que volte a sentir...
Beijo

Julie disse...

Ah! los tiempos del verbo... y siempre el presente en el centro de todo. Muy lindo. Besos

Dilso J. dos Santos disse...

sucinto, pequeno, mais enorme... Belo poema! Reflexo de uma bela leitura de mundo!!!
Muito bom querida, estou te seguindo!!!!

OceanoAzul.Sonhos disse...

Várias formas de sentir.

um abraço Gisa.
oa.s

MARILENE disse...

Suas palavras ficaram lindas! Sinto muito, mas ainda vai sentir muitas coisas (rss).

Bjs.

Catia Bosso disse...

Sentir muito é mais que sentir um sentido nefasto da sensação sentimental....

fui.

Lena disse...

Simples assim!Fui, embora sentindo muito, mesmo! Bjkas com carinho!

Rogério Pereira disse...

Sentiria?
Sentia
Sinto
Agora ainda mais
Sinto tanto...