quinta-feira, 22 de setembro de 2011

TU

Pretensioso.
Sempre surges no meio dos holofotes
Da cena tão cuidadosamente elaborada
E queres roubar a atenção da plateia.
Egocêntrico.
O mundo gira em volta do teu umbigo
As estrelas e o sol brilham para ti apenas.
Assim, não há construção que se sustente sem a tua presença.
Intrigante.
Envolto em uma aura de desconhecimento e magia
Já foste pássaro, mar e pedra.
Já te vestiste de vermelho
E aceitaste o convite para conhecer o lado escuro da lua.
Envolvente.
Romantismo e sensibilidade formam tua forte essência
Cativas, ainda que te preserves
Inflamas, ainda que te negues.
Apoteótico.
Tomaste-me de assalto e por ti deponho minhas armas
Sorrio na tua indignação e entrego-me aos teus caprichos.
Mas lembra-te:
Tudo tem um preço.
Pretensiosa, egocêntrica, intrigante,  envolvente e apoteótica,
Também sou.
E vou pensar em algo bem elaborado
Para te fazer sofrer,
Se não me desejares na mesma proporção que eu te desejo.
Toma cuidado!

7 comentários:

Richard Moisan disse...

Oh la, Gisa! Tu es décidée. :-)
J'aime ce poème volontaire.
Bonne journée!

Rogério Pereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rogério Pereira disse...

Ele chegou e leu
Foi como um murro na alma
ver-se assim retratado
e ao reconhecer
ser
como ela o acabara de descrever
Sempre falara mais para os outros do que para ela
Era palavroso e tagarela
em vez de terno, envolvente
E depois aquele tiro dela, certeiro
de passar em revista tudo o que, matreiro
ele tinha vestido
Saiu quase humilhado
pensando que não seriam vãs as ameaças
pois ela parecia não ser de graças

Nessa noite teve insónias e visões
de remorsos
e inquietações

Quando acordou
fez juras
em que ele próprio não acreditou

ANTONIO CAMPILLO disse...

¡Vaya rapapolvos, Gisa! Es tan potente en su propósito que ya se puede guardar quien sea de la protagonista.
Claro que si es egocéntrico, intrigante, etc., etc., no sé si merece la pena pensar en él. Creo que lo mejor es ignorarle.

Un fuerte abrazo, Gisa.

P.D.: rapapolvos: reprimenda, repaso, amenaza.

Sonhadora disse...

Minha querida

Lindo...envolvente e profundo.
E como tu já disseste tudo neste belo poema, vou envolta numa nuvem de poesia.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Sérgio Pontes disse...

Gostei bastante, beijinhos

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Gisa, a paixão provoca reações para as quais todo o cuidado é pouco. Muito bom para pensar!
Beijos no seu coração.
Manoel.