domingo, 14 de julho de 2013

CONFUSÃO

Hoy yo quiero volar
Like a dreamer
Je veux fermer mes yeux
Je t'écoute
Beside me.
Me voy a bejarte todo!
Esperame...
Wait...
Attends-moi...
Aguarda...

5 comentários:

Inaie disse...

Gisa na Torre de Babel... :-)

Querida, que tal vc escrever um post pro gaiola das loucas? todo sabado a gente tem um doido escrevendo como convidado.
Tem que ser sobre alguma primeira vez. e seria a primeira vez que teríamos uma poesia por lá!

Pensa nisso?

www.tudonovohoje.blogspot.com

Silenciosamente ouvindo... disse...

Feliz domingo. Bj.
Irene Alves e gostei do texto

António Jesus Batalha disse...

Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
decerto que virei aqui mais vezes.
Sou António Batalha.
Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

ANTONIO CAMPILLO disse...

Sí, fue un vuelo y un encuentro maravillosos, Gisa. Además, cuando se quiere, se encuentran quienes se buscan casi inmediatamente. Existe una llamada a la percepción, un faro-guía que indica el camino para no quedar absorto con la belleza de la Tierra, ni volar demasiado alto, como Ícaro, para que el calor solar nunca rompa tus alas. Lo percibí perfectamente. Es un perfecto poema de ilusión.

Un fuerte abrazo, querida Gisa.

Cris Campos disse...

Para o querer toda língua é pouco...