segunda-feira, 1 de julho de 2013

SENSAÇÕES

Vestida de sensações
Saiu às ruas.
Distribuía arrepios aos passantes.
Em alguns casos, intuía ser necessário
Um pouco de coração em disparada
Em outros, boas doses de suspiros.
No decorrer do passeio
Viveu intensamente cada passo
Cada encontro 
Com elevadas doses
De uis e de ais,
Muito calor e calafrios
Ocasionais...

9 comentários:

Andradarte disse...

Não é ocasionalmente, mas muito sinceramente que agradeço as suas
palavras, no meu Post de Aniversário.
Uma boa semana para si
Beijo

Ricardo/águia_livre disse...

Tantos ais tantos ais... que nunca são de mais

Fique feliz

Cidália Ferreira disse...

Gostei.. Quantos suspiros.. ui ai.. :)

beijinhos

visite.http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/2013/07/sonhos-perdidos.html#comment-form

Mafalda Sofia Antunes disse...

Sensações...umas mais leves...outras mais fortes...no fundo,bem lá no fundo,a vida é cheia de sensações!! Maravilhosa semana eu te desejo,tudo de bom!! Beijinhos fofinhos!! http://mafaldinhaarte.blogspot.pt

ANTONIO CAMPILLO disse...

Pareciese, Gisa, un extraño miedo que puede repetirse cuando la vida cotidiana dicta la orden de vuelta a lo cotidiano, a lo raiterativo. ¿Se trata de tristeza? ¿Acaso un problema irresoluble? ¿Un suceso irreparable? Esa tristeza se transmite como un halo a quien se encuentra cerca del viandante que camina sin rumbo, pensando en sus escalofríos.

Un fuerte abrazo, querida Gisa.

redonda disse...

Parece muito bom um passeio assim :)

Prof. Ms. João Paulo de Oliveira disse...

Cara confrade Gisa!
Senti frêmitos inefáveis quando me deparei com a Sensação!
Caloroso abraço! Saudações estupefatas!
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Diadema-SP

*Escritora de Artes* disse...

Se as sensaçoes nao existissem, tudo ficaria sem graça...

Bjos

Lúcia Soares disse...

Amiga
belo teu blog, bjs no coração.