quinta-feira, 18 de julho de 2013

PERSONALIDADE

É para não fazer?
Faço.
É para não querer?
Quero.
É para não poder?
Posso.
Do contra?
Sempre!
E até as últimas consequências.
Incorrigível.

9 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Chama-se a isto, ser do contra, gostei, mainada!!
beijo

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Ricardo- águialivre disse...

Boa tarde

Podia não vir aqui... mas quero e venho, pronto

Fique feliz
*******************
Querendo, visitem-me:

http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Silenciosamente ouvindo... disse...

Às vezes é bom ser do contra.
Desejo que esteja bem.
Bj.
Irene Alves

Leonardo B. disse...


[como o contornar

tão possívelmente
o aparente

impossível...]

um imenso abraço, Gisa

Lb

Andradarte disse...

Não há nada a fazer....
É deixar andar.....
Beijo

AC disse...

Gisa,
Há um encanto muito próprio nessa personalidade.

Beijo :)

Mafalda Sofia Antunes disse...

Tenho exactamente os mesmos pensamentos!! Se é para fazer faço,se é para querer,quero. Eheh. Maravilhoso fim-de-semana para ti,fica com deus!! http://pontodecruzdamafalda.blogspot.pt

Vanessa Vieira disse...

Coisa maravilhosa é brincar no contratempo!

;)

ANTONIO CAMPILLO disse...

Si no entiendo mal, Gisa, lo ideal es hacer aquello que se quiere y espera hasta las últimas consecuencias pero sin esperanza. Es un buen pensamiento pero con una tristeza implícita inmensa.

Un fuerte abrazo, querida Gisa.