segunda-feira, 15 de julho de 2013

DIREITOS

Deixei ir.
Não me importo mais.
Afinal se ficasse
Nunca seria igual.
Guardarei para sempre
Os perfumes, as sensações, os sabores,
Os sorrisos, as trocas,  os murmúrios...
Recheados de nós.
Isso sim me pertence
E não abro mão!
Sou muito ciente dos meus direitos!
Nem pense em me contestar!

8 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Olá Gisa
Gostei do poema, e concordo.
outro virá!*

beijo

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

ANTONIO CAMPILLO disse...

Cierto, Gisa, lo que se posee por siempre y para siempre, jamás va a cambiar y siempre poseerá el sabor y olor de lo querido, lo buscado y jamás encontrado. Nunca desaparecerá. Posiblemente, viviendo en la realidad de lo cotidiano, se encuentren las imperfecciones que no se soñaron. Siempre será más real tal cual es.

Un fuerte abrazo, querida Gisa.

Patricia Galis disse...

Muito bonito Gisa acredito que qdo algo se quebra dentro de nós realmente nunca mais será igual.

Ricardo- águialivre disse...

Pronto, não contesto

Bonito poema

Fique feliz
******************
http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Andradarte disse...

Deus me livre....se eu me atrevia a
uma coisa dessas.....

Bonito poema...
Beijo

Mar Arável disse...

Firme...

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Gisalindamiga

Hoje não venho encomiar-te e felicitar-te, o que já se tornou habitual. Venho sim para te dizer que...

Na nossa Travessa há um artigo de um tal Vicente Antunes Ferreira (meu neto, 14 anos) sobre o tema candente – pelo menos para os amantes do futebol – que é a telenovela do jogador-maravilha, o Bruma, cujas andanças entre o Sporting e os muitos pontos de ??? a qual tem posto ao rubro o período de férias do chamado desporto-rei e não só… Se quiseres lá dar um saltinho, verás das habilidades do moço, muito melhores do que as do avô babado…

E esta?

Os comprimentos (& larguras) do costume, y inclus des miliards et miliards de bisous

Henrique

Mafalda Sofia Antunes disse...

Todos nós temos os nossos direitos e todos nós temos os nossos deveres,só,que por vezes,muita gente não cumpre essas regras. Beijinhos e fica bem!!