terça-feira, 6 de agosto de 2013

AVISO

Sabes ter-me nos braços,
Mesmo que a distância
Se imponha através do mar.
Dominas, totalmente, a arte
De me encantar
Seja com o vento brando dos sorrisos,
Seja com a tempestade das contestações,
Interregnos para coisas belas e mágicas.
Lanças as palavras certas
E teces, como ninguém,
Uma trama envolvente e acolhedora,
À qual rendo-me,
Sem o menor sinal de luta.
Gosto do prazer que me transmites,
Da doçura que me ofertas
E de todas as possibilidades
Que as combinações de tudo isso
Geram em mim.
Esse é o segredo que
Nossas Almas sabem,
Nossos Contrários resignam-se
E nós...?
Bem, nós viveremos na intensidade
Que nos aprouver
E nos for impossível,
Ainda que aqueles, preocupados
Com a razão de tudo,
Não compreendam.

6 comentários:

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Passando para deixar um beijinho e espero que esteja tudo bem contigo.

Sonhadora

Prof. Ms. João Paulo de Oliveira disse...

Cara confrade Gisa!
Depois deste enternecedor poema somente me resta proferir: - Vamos em frente!
Caloroso abraço! Saudações poéticas!
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Diadema-SP

Rogério Pereira disse...

Escrever, num repente, um comentário é fácil para o Meu Contrário...

Mas, por vezes, Minha Alma
Perde a calma

Depois, os dois
Falam entre si
e, em conclusão, me dizem a mim

"É apenas o fascínio das palavras..."

Gisa disse...

Nossa, que profundo! Minha relaçao se identifica muito com o seu texto!
:)
Eh como se voce me explicasse hahaha
beijos Gisa!

Andradarte disse...

Sempre pela positiva...
Belo poema
Beijo

Gisa disse...

Posso publicar esse texto no meu blog? (Com todas as informaçoes sobre a autoria e um link para o seu blog). Eh que expressa muito bem minha relaçao e eu queria escrever para o meu companheiro :-)

beijos