quinta-feira, 15 de agosto de 2013

VIAGEM

Rasgamos a noite em nosso tapete.
No breu dos labiritos desertos
Nos perdemos conscientes.
A beleza explorada
Momento a momento
Fez da viagem um sonho.
Reingressamos nos nossos cotidianos paralelos
Com a certeza de que intersecções e tangentes
Tornam o caminho mais belo.

5 comentários:

Arnoldo Pimentel disse...

Sonhos se misturam com a realidade. Sempre lindos seus versos.Parabéns.

Mafalda Sofia Antunes disse...

Eu espero que tu e a tua familia querida possam fazer muitas viagens ao longo da vossa vida,é muito bom conhecer lugares novos. Mil beijinhos!! http://mafaldinhaarte.blogspot.pt

ANTONIO CAMPILLO disse...

Querida Gisa, a partir de mañana podré escribir sin problemas comentarios.

Un beso.

ANTONIO CAMPILLO disse...

Las tangentes son líneas que casi se elude unas a otras. Las secantes son verdaderos cortes que se dan a las líneas imaginarias de nuestros viajes por rutas y paisajes novedosos, bellos y placenteros.

Un fuerte abrazo, querida Gisa.

Andradarte disse...

Podemos sempre fazr uma 'forcinha', para que os caminhos sejam mais
belos...
BFS
Beijo