domingo, 4 de agosto de 2013

ROUPA DE DOMINGO : ANTUNES FERREIRA



À ESPERA DE...?

Está sentada à esquina da vida esperando, quem sabe?, a morte. Juliana tem quase 94 anos, claudica pendurada de um bordão a fingir de bengala, na boca ressequida sobram-lhe nove dentes enquistados em gengivas desmaiadas, de cor indefinida a desfazer-se em branco.

Um banco de cozinha, em madeira, serve-lhe de âncora no meio do calcetado do passeio e um gato de telhado esconso faz-lhe companhia. É um felino tão negro como vestido dela, de amores nocturnos diversos em telhados avulsos e chama-se Bolinhas. Vadio de profissão, acompanhante da velha de militante, adora peixe, mesmo com espinhas e pardais, por isso lhe chamam o céu dos pássaros, que é a barriga dele.

Juliana tem dois filhos, uma filha e quatro netos todos machos. Que não lhe ligam nenhuma. Em tempos – ela lembra-se das partidas dos três, mas não se recorda em que ano isso aconteceu – foram-se para a cidade, amanharam-se e nem novas nem mandadas. Disse-lhe a vizinha Sara (será que foi a Sara? Ou terá sido a Deolinda),  que estão bem, encontrara a Julinha, com dois filhos, ela e eles aperaltados, a entrar para um carrão, num bairro fino da tal urbe.

Ontem, foram-na encontrar feita numa rodilha, de olhos esbugalhados, o xaile negro descambado, um susto, meninas, vizinhas de umbral de porta, um grande susto, disse a Deolinda no velório. Família nem vê-la. Padre só para a encomendar (para onde?).

No caixão, morta, ela está à espera da vida. Qual? Só há uma

gato-preto
imagem do Google




Colaborador: Henrique Antunes Ferreira
Blog: A Minha Travessa do Ferreira




6 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Bom dia...
Não falando do texto...Passo para vos desejar um excelente Domingo
beijo
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Ricardo- águialivre disse...

Bom dia

Um texto que me arrepiou...ups

Desejo de coração um Domingo cheio de Saúde, Paz, Amor e felicidade
******************
Querendo...visite-me

http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

Prof. Ms. João Paulo de Oliveira disse...

Cara confrade Gisa!
Como a Juliana, tantas outras estão a espera que suas existências cessem.
Sua brilhante pena nos brindou com mais um inquietante texto, que nos permite outros vieses!
Caloroso abraço! Saudações abandonadas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Diadema-SP



PS - Quando tento acessar a Travessa do HenriquAmigo aparece a detestável informação:
Blogger
O blog foi removido

Desculpe, o blog em aminhatravessadoferreira.blogspot.com foi removido. Esse endereço não está disponível para novos blogs.

Esperava encontrar seu blog aqui? Veja: 'Não consigo achar o meu blog na web. Onde ele está?'
Central de Ajuda | Termos de Serviço | Privacidade | Política de conteúdo | Desenvolvedores
Copyright © 1999 – 2013 Google

Cris Campos disse...

Só há uma, fato. Gostei muito da parceria Gisa! Parabéns aso dois! Forte abraço!

Rogério Pereira disse...

Um texto duro... mas parece que estou a ver um sorriso no rosto de Juliana. Um sorriso enigmático, talvez até feliz. Feliz por ter partido, deixando para trás 94 anos de uma vida cheia...

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Gisalindamiga

Estou rubro que nem um tomate com a distinção que me fizeste e a cabeça ROUPA DE DOMINGO é um achado! Mas, eu não mereço tanto. A Amizade, essa sim. Muito obrigado.

E agora uma pergunta. O que é preciso fazer para ter uns selinhos na Travessa?...

+ qjs

Henrique